Resenha de Melhor que Chocolate, Laura Florand
CampNaNoWriMo 2015: outra competição, dessa vez de escrita
The Wattys: a competição anual do Wattpad




20 de abril de 2015

Resenha: O presente do meu grande amor


O presente do meu grande amor

Autor: vários autores
Gênero: Romance/Sobrenatural
Editora: Intrínseca
Páginas: 352

Sinopse: Se você gosta do clima de fim de ano e tudo o que ele envolve, presentes, árvores enfeitadas, luzes pisca-pisca, beijo à meia-noite, vai se apaixonar pelo livro. Nestas doze histórias escritas por alguns dos mais populares autores da atualidade, há um pouco de tudo, não importa se você comemora o Natal, o Ano Novo, o Chanucá ou o solstício de inverno. Casais se formam, famílias se reencontram, seres mágicos surgem e desejos impossíveis se realizam. O pessimismo não tem lugar neste livro, afinal o Natal é época de esperança.


Depois da decepção que foi ler Formaturas Infernais, que, assim como O presente do meu grande amor, é um livro de contos, eu comprei este com baixas expectativas, mesmo tendo contos de autores que eu amo muito, como Ally Carter (autora da trilogia Ladrões de Elite [que preciso desesperadamente que tenha as continuações lançadas aqui no Brasil] e da série Garotas Gallagher), Gayle Forman (duologia Se eu ficar), Laini Taylor (trilogia Feita de Fumaça e Ossos)... E não é que me surpreendi?! Um conto mais lindo que o outro, alguns que me deram vontade de chorar (ok, talvez eu realmente tenha chorado com um dos contos), outros que me fizeram suspirar e ainda houve aqueles que me fizeram sorrir que nem uma boba haha

"Bem-vindo a Christmas, Califórnia", escrito por Kiersten White, foi, sem sombra de dúvidas, o conto que eu mais gostei, ou melhor, amei. Ele tem tudo que eu acredito que Natal deva ter: alegria, amor, família e comida haha. Comida dá aquele gosto especial para o Natal e pode trazer dias marcantes e lembranças antigas de volta. E é justamente a intenção do novo cozinheiro da lanchonete da mãe e do padrasto de Maria, habitante da minúscula e abandonada Christmas e com o sonho de fugir daquele lugar. Com seu bom humor e sua comida maravilhosa, transforma pessoas cansadas, amargas e tristes em felizes e muda o jeito de pensar de Maria. Christmas deixará de ser apenas uma cidadezinha sem graça para ela e se tornará um lar. E ao contrário desse, que eu amei, em "Meias-noites", escrito por Rainbow Rowell, eu não senti muita coisa. Achei que os acontecimentos foram retratados de uma maneira muito rápida! Acabou sendo o conto que menos gostei.

Com "Encontre-me na Estrela do Norte", Jenny Han, tive a mesma sensação de quando li Peter Pan, porque é uma história de crescer e perder a magia dentro de você, de esquecer o que um dia foi muito importante. Só de lembrar já me dá um nó na garganta. Eu chorei muito. Nem quero falar sobre isso.

Outros dois contos que merecem ser citados são "Krampuslauf", Holly Black, e "A garota que despertou o sonhador", Laini Taylor. Eu adorei esses dois contos, mas foram os que eu senti que menos tinham a ver com o tema proposto. Não eram histórias sobre amor, alegria, celebração, eram contos mais... macabros. Mas foi legal para dar uma quebra de todos os contos com casais que ficavam juntos e, meu deus, como eu amo a escrita da Laini Taylor!!!!!!!!

Eu li O Presente do meu grande amor pouco antes do Natal e eu queria ter feito resenha na época para, quem sabe, se vocês se interessassem, lessem nessa época também, mas acabou não dando, então aqui vai a minha sugestão para ler nesse próximo Natal haha
Brincadeira, podem ler em qualquer época do ano, lógico, e aposto que irão amar, alguns contos mais do que outros, assim como eu :3

Avaliação: ★★★★


Até mais, pessoal!

XOXO
Tiça, Uma Leitora


Filmow  Skoob  Instagram

0 comentários:

Postar um comentário

 
♥ Theme por Yara Lima, do Dear Maidy, exclusivo para Romantic lit © 2015 • Todos os direitos reservados • Topo