RESENHA DE DORAMA: Romance Is a Bonus Book
Resenha: Simplesmente Ana, Marina Carvalho
Resenha: Swag, Cambria Hebert




14 de fevereiro de 2020

[RESENHA] DORAMA: Love Alarm

FICHA TÉCNICA


Título: Love Alarm
Nacionalidade: Sul-coreana
Temporadas: 1
Quantidade de episódios: 8
Onde posso ler: Amazon
Onde posso assistir: Netflix
Status: renovada para 2ª temporada com previsão de lançamento entre agosto e setembro de 2020
Sinopse: Se alguém gosta de você e está a 10 metros de você, o alarme do aplicativo toca. O aplicativo também mostra quantas pessoas gostam de você, mas o aplicativo não revela detalhes específicos sobre quem gosta de você.
Kim Jo-Jo (Kim So-Hyun) é um estudante do ensino médio. Ela é bonita e inteligente. Ela parece ser uma pessoa alegre, mas seus pais morreram quando ela era jovem. Desde a morte de seus pais, Kim Jo-Jo viveu com a família da tia.
Enquanto isso, Hwang Sun-O é um estudante masculino popular na mesma escola onde Kim Jo-Jo estuda. Ele é filho de uma família rica, mas não é amado pelos pais. Seu melhor amigo Lee Hye-Young que também frequenta a mesma escola. Hwang Sun-O percebe que seu melhor amigo Lee Hye-Young gosta de Kim Jo-Jo. Hwang Sun-O quer saber se seu amigo realmente gosta dela, então ele a beija.


Confesso que, quando eu vi esse dorama produzido pela Netflix fiquei bastante curiosa, mas como a maioria do conteúdo recente da plataforma, eu salvei a minha lista e caiu no esquecimento. Até que um dia eu li uma resenha sobre ele onde dizia algo do tipo "se você ama Black Mirror, você vai amar Love Alarm". De cara eu fiquei passada porque a base dos doramas coreanos não tem nada a ver com o terror futurista (e já muito real) de Black Mirror. Então, fisgada por essa icognita que era o ponto de intersecção entre as duas série, eu dei play.
E essa foi a segunda série que eu assisti mais rápido na minha vida, perdendo apenas para Outlander.



Love Alarm é originalmente um webtoon com 23 volumes, escrito pelo autor coreano Kye Young Chon e adaptado para dorama pela Netflix, em agosto de 2019.



O ponto principal que me fez assistir avidamente a esse dorama foi o mistério. Novamente, como eu disse na resenha anterior do dorama Romance Is a Bonus Book (se você não leu, clica AQUI no link) faz um tempão que eu não assisto doramas e não sei se os elementos que me surpreendem já são comuns nas produções atuais. Mas seja como for, o suspense em Love Alarm é de acelerar o coração!

A trama geral é aquele fórmula conhecida e de sucesso. Dois amigos e que apaixonam pela mesma garota e isso traz fissuras a uma amizade e cumplicidade de anos. Entretanto, o passado de Jojo é tão ruim quanto os abusos que ela sofre de sua "família" no presente o que só faz com que ela se culpe, sinta que ninguém merece dividir o seu fardo e afins. O drama foi daqueles que me deixou com um nó na garganta e me arrancou algumas lágrimas.
Jojo se envolve romanticamente com um dos amigos, entretanto, é impossível esconder o seu passado de quem ela ama e mesmo tentando, forças externas a deixam sem escolha a não ser enfrentar a sua própria tragédia para seguir em frente ou lutar para manter tudo em segredo e afastar-se definitivamente do seu amor. 

O dorama oscila perfeitamente entre o romance, a dor e o medo durante os seus 8 episódios. 


No meio de tudo isso, a existência do aplicativo Love Alarm e a influência dele sobre a vida dos jovens começa a despertar um grande movimento contrário, que é impulsionado por atos desesperados de alguns usuários e por como, com o tempo, a fama nele passou a funcionar como uma espécie de segregação, onde os mais amados conseguem acessar benefícios da alta sociedade sul-coreana e os menos amados segundo o app, tornam-se ainda mais indesejados e isolados.
Da metade para o final da temporada o clima muda totalmente, ficando ainda mais carregado de emoções e pesado com a revolta, a violência e alguns mistérios que se estendem até a segunda temporada. 

Eu confesso que gostei mais da segunda metade da temporada, justamente por esse elementos dark que eu desconhecia em doramas coreanos. Combinou muito com a carga de sentimentos reprimidos do casal principal e com a própria ideia bizarra desse aplicativo, que realmente me lembrou muito os episódios agoniantes de Black Mirror. O mais interessante é a passagem de tempo, que mostra o impacto da opinião alheia na juventude e em um segundo momento, na vida adulta, o desgaste que esse "viver do desejo alheio" causa e também as grandes ciladas que ele proporciona.



O final da temporada foi um gancho terrível e eu fiquei com vontade de gritar, porque houve um super clímax, daquele que você fica conferindo quantos minutos faltam para acabar e calculando se nesses cabe alguma revelação bombástica. Bem, não cabe e apesar da frustração, Love Alarm é um dorama que não me larga de jeito nenhum e eu mal posso esperar para a segunda temporada pingar na Netflix.

Sabe aquele dorama para quando você cansou um pouco de romances fofinhos e precisa de mais adrenalina? Love Alarm não te decepcionará! E caso o final te deixe roendo as unhas, saiba que o dorama foi renovado e teremos segunda temporada em breve!

Ei, estou esperando ansiosamente a sua indicação de dorama! Comenta aqui embaixo!

22 de janeiro de 2020

[RESENHA] DORAMA: Romance Is a Bonus Book


UAAAAU. Faz tanto tempo que eu não escrevo uma resenha que eu nem sei mais se lembro como se faz isso. Mas achei que não existiria oportunidade melhor de voltar ao mundo das indicações de romance se não fosse com esse dorama.
Fazia muito tempo que eu não assistia doramas, então nem sabia mais o que esperar, tirando o de sempre, a fragilidade da protagonista, a paixão mascarada de raiva do mocinho, momentos hilários e um beijo casto no último episódio. Romance is a Bonus Book tem tudo isso. Mas tem tantas outras surpresas sensacionais!

Antes de começar, eu preciso esclarecer duas coisas: 1) eu não sou do tipo de pessoa que fica bisbilhotando o celular dos outros quando estou no transporte. 2) eu só conheci esse dorama porque uma mulher (maravideusa) estava assistindo no ônibus e eu comecei a bisbilhotar o celular dela no ônibus :)

Então, tecnicamente, essa moça me INDICOU esse dorama precioso e uma vez que ela dividiu a tela 7' polegadas comigo, me sinto na obrigação de dar os devidos créditos (obrigada moça do ônibus).


FICHA TÉCNICA


Título: Romance Is a Bonus Book

Emissora: tvN
Nacionalidade: Sul-coreana
Temporadas: 1
Quantidade de episódios: 16
Onde posso assistir: Netflix
Status: concluída

Romance is a Bonus Book é um dorama sul-coreano, da tvN, que conta a história de Cha Eun-ho (Lee Jong-Suk) e Kang Dan-i (Lee Na-Young), um casal de amigos que se conhece desde a infância, graças a um acidente que os uniu.
 Entretanto, Dan-i se afasta de Eun-ho quando se casa com um homem do qual ele nunca gostou e parte para uma nova vida.
Anos depois, Dan-i se vê divorciada e em uma situação financeira crítica e busca seu amigo para pedir abrigo por um dia. Eun-ho, que não faz ideia do sofrimento o qual sua amiga passa, concorda com essa curta estadia sem perguntar nada. Dan-i continua dormindo na casa dele as escondidas enquanto ouve muitos "nãos" do mercado de trabalho, que rejeita suas tentativa de encontrar um emprego devido a quantidade de tempo que Dan-i ficou sem trabalhar.
Tudo muda quando Eun-ho comenta sobre uma seleção que aconteceria na editora Gyehoo, onde é editor chefe, para cargos que não exigiam formação acadêmica. Ela, então, decide apagar seu histórico profissional e acadêmico e se candidata escondida  para a vaga, obrigando Eun-ho a conviver com a mentira de não a conhecer ou saber o que ela esconde. E, é claro, a expandir a convivência que não acontecia há anos, para 24 horas por dia, reaquecendo os sentimentos adormecidos no coração de Eun-ho.


O primeiro aspecto desse dorama que me ganhou assim que eu dei "play" foi a paixão dolorosa de Eun-ho. A série começa num momento divisor de águas para o casal de amigos, então a produção se empenhou em agarrar os espectadores pelo coração desde o momento 1. Porque né, quem não fica mexida com um amor puro e não correspondido?
Depois disso, a estória de cada personagem deslancha separadamente, mas esses momentos são apresentados, em sua maioria, por flashbacks. Enquanto os da Dan-i são de jogar sal na ferida, os de Eun-ho só mostram o quão merecedor de uma história de amor bombástica ele é.



Normalmente eu não curto flashbacks, porque, pelo menos na centena de séries americanas que eu já assisti, eles se estendem por um episódio inteiro ou até mais e é aí que eu desanimo. Entretanto, como não foi nos dado quase nada do passado dos dois, inclusive como eles se tornaram amigos, as voltas ao passados servem como aquela peça do quebra cabeça que estava te deixando louca, mas que chega sempre e volta a dar sentido as coisas.
E que bom que foi rápido assim, porque tudo fica mais legal ainda quando a editora entra em cena.
Claro que todos nós leitores somos mega suspeitos quando se trata de amar editoras, porque são elas que, normalmente, viabilizam as nossas experiências de leitura. Mas a Gyehoo aparece com aquele modelo ideal de editora, aquele frescor maravilhoso de novas ideias, uma equipe completamente louca, mas que dá muito certo e também o processo de edição e publicação das editoras coreanas! O dorama não é focado nisso, mas existem muitas cenas sobre isso e confesso que estão no meu top de momentos incríveis.



A transição da amizade para o romance entre Eun-ho e Dan-i segue o padrão negação-dúvida-sofrimento-amor1000xsúbitoeconstrangedor. Mas Dan-i e Eun-ho possuem uma grande diferença de idade, o que tornou a personagem Dan-i muito mais rica do que as protagonistas de outros doramas. Ela é uma mulher forte, responsável, mãe e que viveu na pele o que era sofrer em um relacionamento abusivo e sobreviveu para contar a história depois que saiu deste. Então, pensa numa quebra de expectativas, onde a protagonista é empoderada, onde existe uma pequena, porém existente diferença no poder de decisão da mulher no relacionamento e onde assuntos não muito abordados, principalmente em países com culturas mais rígidas e fechadas, como a violência e o abuso dentro de um casamento, são expostos e elaborados?

É claro que essa trama também conta com doses venenosas (eu VO MATA A SRTA.GO) de intriga, disputa entre pretendentes e um mistério que parece não muito importante, mas que, nos últimos episódios se mostrará primordial para as ligações entre os personagens. 
Mas nada disso tira o brilho magnânimo de Eun-ho e Dan-i, que esfregam na nossa cara a definição de casal perfeito, como profissionais, amigos e mozões! Tem ansiedade adolescente, tem declarações de amor que o outro leva 84536 anos para entender, tem ciume (saudável tá, migas), tem amorzinho pra todo gosto, freguesa!

Romance is a Bonus Book foi uma descoberta sensacional! Se eu soubesse o quanto me encantaria com esse dorama teria agradecido previamente a moça do ônibus por me deixar xeretar. E talvez, ele tenha entrado na minha vida assim, no acaso, justamente para eu me apaixonar e ficar tão empolgada para indicá-lo para vocês!



PS: Confesso que ainda procuro aquela moça, em busca de uma nova bisbilhotada e uma nova indicação :(

E você aí? Qual dorama disponível na Netflix você achou mais viciante? Comente aqui embaixo!

8 de novembro de 2019

[FIM DE SEMANA LITERÁRIO] Feira Miolos 2019

Olá, nação romanceira! Como vão?
Hoje eu vim contar um pouco sobre experiência literárias que vão além do "sentar e ler um livro". Esse é um dos aspectos mais bacanas da literatura, no meu ponto de vista. Quando o ler transcede as páginas de um livro e se insere na nossa vida de N maneiras diferentes. Gera aquela paixão duradoura, que não enjoa.

Enfim, eu adoro divagar sobre coisas que me apaixonam, mas dessa vez serei direta ao assunto!
No Instagram do blog eu venho postando (sempre que possível), as sextas-feiras, quais eventos bacanas acontecerão na cidade de São Paulo naquele fim de semana. Primeiro, porque eu quero que essas experiências literárias extra-livros encantem também a vocês. E segundo, para me motivar a retornar a minha rotina de eventos literários. Há uns 2 anos atrás eu era muito mais ativa nesse meio e pretendo retornar a essa rotina gostosa pouco a pouco.

Então, depois de muito divulgar e nunca ir, decidi visitar um evento que estava dentro do meu círculo rotineiro, a Feira Miolos. Essa feira acontece há alguns anos na Biblioteca Mário de Andrade, no bairro da República, biblioteca essa onde eu faço estágio desde o início de 2019. Um dos atrativos desse evento é que ele reúne diversas pequenas editoras e artistas independentes. Então o leitor vai muito além das grandes editoras e títulos e confere trabalhos muito mais exclusivos. Outro ponto forte desse evento é a experiência de compra muito mais intimista, já que alguns autores, ilustradores, donos de editoras estavam ali, em suas bancas, conversando com os visitantes e explicando um pouco mais sobre cada trabalho.

O evento aconteceu nas áreas livres dos três andares da bibliotecas, no lado da entrada da rua Consolação e também no corredor de estudos, na entrada da Seção Circulante e na Sala de Convivência, se ficam próximas a entrada da Avenida São Luiz. 

O espaço foi muito bem utilizado e distribuído, facilitando a circulação, e a quantidade de expositores, que foi muito boa e ainda permitiu que os novos visitantes da Mário de Andrade pudessem conhecer também um pouco do prédio. 
No auditório acontecia algumas palestras e do lado de fora da biblioteca o visitante podia contar com alguns food trucks, food bikes e barracas de comida, inclusive, de culinária estrangeira como a árabe e a venezuelana.

Eu (como sempre) fui com a intenção apenas de curtir o evento e fazer uma visita monitorada exclusiva para a minha mãe, mas é claro que sucumbi a quantidade de arte maravilhosa e trouxe alguns mimos para casa! Ah, é importante frisar que, apesar dos livros serem os carros-chefe da feira, os produtos não se limitavam a eles. Circulando pelos andares era possível encontrar banners, bordados, bijuterias, adesivos, ecobags e muitos brindes fofos!

Confiram agora o meu saldo:

  • Da Annima de Mattos @artbitch.jpg eu comprei o HQ "Histórias Quentinhas - Sobre sair do armário", uma história em quadrinhos fofa que traz histórias sobre pessoas LGBTQ+ se assumindo e conquistando finais felizes (o que, a própria autora comentou, é beem difícil de encontrar em qualquer expressão artística). 
  • Além disso, comprei 2 adesivos fofos que a autora utiliza para divulgar seus outros quadrinhos. A Annima também está no site de financiamento coletivo Cartase com o projeto "Você precisa dar um jeito na sua vida" e quem de nós não precisa, né? Então confira o perfil dela e contribua! 

  • Da Paloma, da @partes.art  eu comprei um adesivo e um bottom com a mesma arte escrita "not my president" porque né, NOT MY FUC*ING PRESIDENT. A banquinha dela estava linda e com preços muito sensacionais! Precisei sair correndo para não falir!

  • E da editora independente @bebelbooks (quase gritei quando vi) e comprei uma espécie de mystery bag. Um saquinho estampado fofo nos tamanhos P, M, e G, recheado de produtos da editora. O legal é que vocÊ comprava sem saber o que vinha em cada saquinho e as moças super graciosas da editora disseram que nenhum saquinho era igual. Cada tamanho vinha com uma quantidade diferente de produtos (quanto mais $ mais produtos), eu peguei o M e amei cada item, mas confesso, que senti falta dos pins e dos adesivos maravigolds que vi por lá.


Bom, gente, desgurpa por esse post quilométrico! É que é difícil não falar mais do que o homem da cobra sobre coisas que a gente ama, né? Espero ter convencido vocÊs a visitar as próximas edições da Feira Miolos e trombar com vocês por lá! E sigam esses artistas/editoras lindos no Insta, estão todos linkados!

Beijos de luz, um ótimo novembro para nós e fiquei ligadinho para nos posts aqui e novos sorteios no IG!



23 de junho de 2019

[FLASH NEWS] #3 Junho de 2019


Hora do boletim informativo mais colaborativo e açucarado do Brasil!*

*mentire, não é o maior não, gente, mas é de coração

Já sabe! Para conferir fonte e notícia completa é só clicar no link entre parênteses!


LIVROS

+ Confirmada a presença da autora Penelope Douglas na Bienal do Livro do Rio. E o livro Punk 57,  é anunciado como mais um dos lançamentos da The Gift Box para o evento. (Fonte: @thegiftbox)

+ Suzanne Collins confirma novo livro do universo "Jogos Vorazes" e Lionsgate já adquiriu direitos para a adaptação deste! (Fonte: @cin3fila)

+ Divulgada capa de "Where It Finds You", de J.R. Ward. O livro é um spin-off que dará final a estória de Selena e Trez! (Fonte: Facebook Black Dagger Lovers)



FILMES

+ O Teen's Choice Awards 2019 já é dia 25 de junho e muitas adaptações de livros concorrem ao prêmio, como After, Shadowhunters, A Cinco Passos de Você, Para Todos os Garotos que já Amei e muitos outros! Confira todos os indicados no Adoro Cinema e confira como os fãs brasileiros podem votar na postagem do After Brasil! (Fontes: Adoro Cinema & After Brasil).

+ Os Vingadores: Ultimato será relançado nos cinemas com cenas inéditas. (Fonte: @instacinemas)

+ After estará disponível na Netflix em países nos quais o filme não foi lançado nos cinemas. Dentre eles, Reino Unido, Japão e Tailândia. (Fonte: @afterbrasil)

+ Lili Reinhart será protagonista na adapção cinematográfica do livro "A Química Que Há Entre Nós", de Krystal Sutherland. (Fonte: @globoalt)

+ Divulgado trailer da adaptação de Downtown Abbey! (Fonte: Facebook Universal Studios)

+ Novos rumores da batalha entre Harry Styles e Noah Centineo pelo papel de Príncipe Eric na adaptação de "A Pequena Sereia". (Fonte: MYX)

+ Novos rumores sobre o live-action de "A Pequena Sereia" sugerem a escolha entre a cantora Zendaya e a atriz Jane Levy para o papel de Ariel. (Fonte: Facebook Monopólio da Disney)

+ Com a convenção dos fãs da Disney, "D23" se aproximando, os rumores do live-action de "Hércules" crescem e levantam os nomes dos cotados para os principais papéis! (Fonte: Facebook Monopólio da Disney)



SÉRIES

+ Julie Andrews será Lady Whistledown na série adaptação de The Bridgerton, de Julia Quinn, para a Netflix. (Fonte: @editoraarqueiro)

+ Começaram as gravações do dorama "Coffee & Vanilla", adaptação do mangá de Akegami Takara. (Fonte: @shoujolovers)

+ Divulgado trailer da segunda temporada da série Elite, da Netflix. (Fonte: Facebook Elite Brasil)

EVENTOS

+ A Bienal do Livro de São Paulo 2020 tem mudança de local! Do Anhembi, passa para o Expo Center Norte. (Fonte: @pick_book)




+ A Poc Con traz artistas da área da ilustração, quadrinhos e artes gráficas e que fazem parte da comunidade LGBTQ+. É sábado, 21 de junho! Confira onde e como! (Fonte: Evento FB - Poc Con)


EDITORAS


+ Confira o novo site da Editora PL e as novas funções que podem ajudar leitores, blogueiros e autores! (Fonte: @editorapl)

+ Renato Jardim é o novo autor da Editora Rico, pelo selo Se Liga! Autor de "O Resgate da Clarientante" terá o livro publicado na Amazon e na Bienal do Livro do Rio. (Fonte: @ricoeditora)

+ R.R. Silva é o novo autor da Editora PL. (Fonte: @editorapl)

+ Brad Crowley, dono de uma escrita picante e inusitada é um dos novos atores da Editora PL. (Fonte: @editorapl)

+ Audiolivros de diversos títulos publicados pela Galera Record chegam ao AutiBooks! Ouça algumas amostras! (Fonte: AutiBooks)

DIVERSOS

+ E-mails revelados pelo The Daily Beast revelam a luta do autor Nicholas Sparks para banir grupos LGBTQ+ da escola que ajudou a fundar e reacende a fúria dos leitores, que relembram acusações de racismo e assédio contra o autor no ano de 2014. (Fonte: Observatório do Cinema)

XAU, galera linda e informada! Semana que vem tem mais!

21 de junho de 2019

[FLASH NEWS] Junho 2019 #2




O news voltou! Só que dessa vez simplificado. Veja como funcionará!
* Todos os sábados eu publicarei o post com as notícias reveladas durante a semana
* Farei um breve resumo e a notícia completa vocês poderão conferir direto na fonte, que está incorporada com link
* Divirta-se! E mantenha-se informado aqui e no nosso Instagram @romanticlit!

LIVROS


+ Avalie o lançamento "Caleidoscópio", da autora Sue Hecker e ganhe um lindo adesivo (Fonte: @suehecker)





+ Outlander - Ecos do Futuro, de Diana Gabaldon é a ilustração do 7º pin da coleção PIN Arqueiro (Fonte: @editoraarqueiro)

+ Abbi Glines anuncia novo livro com crossover das séries Sea Breeze e Rosemary Beach (Fonte: @pick_book)

+ Revelados capa e título nacional do segundo livro da série "Hades Hangmen", de Tillie Cole (Fonte: @pick_book)

+ Editora Seguinte publicará, ainda esse ano, "Red, White and Royal Blue", de Casey McQuiston (Fonte: @editoraseguinteoficial)

+ Cherish Books publicará "Lessons From a Scarlet Lady", de Emma Wildes (Fonte: @cherishbooks)

+ Globo Alt disponibiliza cena extra de "Professor Feelgood", de  Leisa Rayven para o dia dos namorados (Fonte: @globoalt)



FILMES


+ Pôster e trailer de "Frozen 2", com lançamento para janeiro de 2020 são divulgados (Fonte: Capricho)



+ Roteiro da adaptação para PassionFlix de "Royally Screwed", de Emma Chase já está em produção (Fonte: @pick_book)

+ Adaptação cinematográfica de "The Hating Game", de Sally Thorne já tem conta no Instagram (Fonte: @sallythorneauthor)

+ Autora Carly Phillips posta imagem do script do filme Dirty Sexy Saint, futura adaptação da obra de mesmo título, adquirida pela PassionFlix. (Fonte: @carlyphillips)

+ MGM Television adquire direitos de adaptação para TV de "Aurora Rising", de Amie Kaufman. (Fonte: Deadline)

+ Divulgado trailer do novo filme dos Estúdios Ghibli! Ride Your Wave é uma aventura cheia de romance, drama e fantasia! Trailer na fonte! (Fonte: Facebook Studio Ghibli)

SÉRIES


+ A série "Lúcifer" é renovada para uma quinta e última temporada e fãs criam petição para manter a série (Fonte: @hugogloss)

+ A série "Confess", adaptação do livro de mesmo nome da autora Colleen Hoover está disponível no iTunes TV (Fonte: @colleenhoover)

+ Love, Simon, futura série do serviço de streaming Disney+ contará com a atriz Ana Ortiz em seu elenco e será um spin-off do filme "Love, Simon", ambientada no mesmo universo do filme, mas acompanhando o personagem Victor. Ana Ortiz interpretará a mãe de Victor. (Fonte: Deadline)





EVENTOS


+ Tara Sivec é confirmada para a Bienal do Livro do Rio 2019 e The Gift Box lançará o último livro da série The Naughty Princess Club, "Beije a Garota", no evento. (Fontes: @thegiftbox)

+ Editora The Gift Box anuncia "4ou" loja de artigos literários para a Bienal do Livro do Rio (Fonte: @thegiftbox)

DIVERSOS


+ Livraria Travessa abre filial em Lisboa, acompanhando a mudança dos brasileiros para Portugal (Fonte: O Globo)

+ Mercado editorial é o tema da nova novela da 7 da Rebe Globo, "Bom Sucesso". Ator Antônio Fagundes interpretará Alberto, dono de uma editora a beira da falência. A data de estréia é 29 de julho. (Fonte: Gshow)

Em breve um novo post com novas notícias do mundo do romance!

22 de maio de 2019

O que é o Kindle Unlimited e porque você deveria assiná-lo?


Se você encontrasse uma lâmpada mágica e depois de alguns esfregões um gênio te concedesse 3 desejos, quais seriam?
Olha, os seus eu realmente não sei, mas nos meus, o Kindle Unlimited estaria entre eles (só seria melhor se fosse de graça, mas né).

  1. O que é o Kindle Unlimited?
O Kindle Unlimited é uma espécie de assinatura de catálogo de títulos em e-book pré-selecionados pelos autores das obras e pela Amazon. 
Com a assinatura mensal de R$ 19,99, o assinante tem acesso a mais de 1 milhão de títulos para leitura, pagando apenas esse valor fixo por mês. 

  1. Quais títulos eu encontro no Kindle Unlimited?
Olha, são muitos. 
O catálogo é bem variado, passando por diversos gêneros de ficção e não-ficção. Conta também com títulos em outros idiomas (inclusive eu uso mais para ler títulos em inglês que ainda não foram publicados aqui no BR) e também é possível encontrar histórias em quadrinhos, mangás e revistas.

  1. Eu preciso de um leitor digital para assinar o Kindle Unlimited?
Não, você não precisa! Assim como o catálogo pago na Amazon, é possível curtir a sua leitura na telinha do seu smartphone com o aplicativo Kindle, disponível para iOS e Android ou então do seu computador, no site da Amazon mesmo!
Links aqui!

  1. Eu consigo verificar no site da Amazon quais livros estão disponíveis para Kindle Unlimited?
Consegue sim! E aliás, eu acho bem vantajoso conferir se alguns títulos que te interessam fazem parte do programa antes de assinar. 
Bem, é só acessar a parte de livros digitais no site da Amazon e na lateral estará sinalizado se o livro faz parte do catálogo do Kindle Unlimited.




  1. Mas como os autores recebem pelo direito dos livros se o preço da assinatura é fixo?
Quando os autores disponibilizam suas obras no KU eles recebem por página lida, diferente do valor cheio que recebem pelo e-book vendido. Muitas vezes o valor recebido por página é menor, mas alguns autores preferem aderir ao programa pelo quesito visibilidade. Afinal, é melhor receber menos por um livro lido e divulgar seu trabalho do que não receber nada 🤷🏻

Bem, eu espero que até aqui já tenha te convencido que o Kindle Unlimited é uma assinatura fabulosa, que te ajuda a ler mais gastando menos e ajuda os autores a divulgarem seus livros. Agora eu te incentivo a aproveitar dos 30 dias de teste grátis que a Amazon dispõe, porque melhor do que eu digitando aqui é você, caro leitor, tendo essa experiência maravilhosa.

Dicas preciosas:

! NÃO VOLTE PARA O COMEÇO DO LIVRO após lê-lo pelo Kindle Unlimited! Como os autores recebem por página lida, se você volta ao início, você zera a sua leitura e consta como livro não lido.

! Avalie a leitura e deixe sua resenha/comentário na página do livro na Amazon (e em todos os lugares possíveis). Com tantos títulos á disposição é normal pular de um para outro e esquecer de deixar a sua opinião para o autor. Os autores contam demais com o seu feedback e com a sua avaliação, esse é mais um dos jeitos de expressar o seu amor pelo trabalho deles.

! Não são todos os títulos do planeta que estão disponíveis para KU. E os que estão podem deixar o programa a qualquer momento, então não espere mais e mergulhe aquela leitura que você estava ansiosa para começar!

! Alguns autores com livros no programa KU: Callie Hart, Alexa Riley, Corinne Michaels, Stacy Hart, Elizabeth Bezerra, Lola Salgado, Julie Lopo e muitos outros!


Bem, eu espero que até aqui já tenha te convencido que o Kindle Unlimited é uma assinatura fabulosa, que te ajuda a ler mais gastando menos e ajuda os autores a divulgarem seus livros. Agora eu te incentivo a aproveitar dos 30 dias de teste grátis que a Amazon dispõe, porque melhor do que eu digitando aqui é você, caro leitor, tendo essa experiência maravilhosa.



Até mais!

 
♥ Theme por Yara Lima, do Dear Maidy, exclusivo para Romantic lit © 2015 • Todos os direitos reservados • Topo