Resenha de Melhor que Chocolate, Laura Florand
CampNaNoWriMo 2015: outra competição, dessa vez de escrita
The Wattys: a competição anual do Wattpad




3 de janeiro de 2015

Romantic Cine: ele não está tão a fim de você


Uma das minhas paixões, além de livros, são filmes. Ação, suspense, comédia, romance, até terror. Amo demais. E faz pouco tempo me bateu uma vontade louca: comprar DVDs.
Parece que dificilmente alguém compra DVDs hoje em dia, mas acabei pensando por que não?!
Só que eu pensei mais, não quero comprar qualquer filme, qualquer gênero, quero focar em apenas um. Então... Vou comprar apenas romances/comédias românticas! Isso!
Então eu criei uma meta para 2015: toda semana ver pelo menos um filme romântico, e tentar ver de DVDs que eu comprar.
Se eu vou ficar pobre esse ano? Provavelmente.

E enfim comecei minha coleção, com o filme ele não está tão a fim de você.



A proposta do filme é esta: sabe aquele cara que te levou pra jantar e não ligou no dia seguinte?  Ele não perdeu seu número. Ou aquele cara que visualizou e não respondeu no facebook/whatsapp? Ele não está muito ocupado. Ou aquele garoto que ficou contigo numa festa e não deu nem oi na escola no dia seguinte? Ele não está se fazendo de difícil. Ele simplesmente não está a fim de você.
Gostei bastante desse filme por isso: os roteiristas (Abby Kohn e Marc Silverstein) pegaram algo que muitas garotas/mulheres fazem (será que garotos/homens fazem isso?), que é achar motivos para que o cara não tenha mais falado com elas no dia seguinte para que não tenham que enfrentar a verdade. É tipo um choque de realidade, pelo menos foi isso que eu senti.
Também gostei muito de como as histórias se entrelaçam em alguns (muitos) momentos. E amei a Gigi. Não tem como não simpatizar com seu sonho de encontrar o grande amor de sua vida e a esperança de que aquele cara que ela está saindo ser ele

E aqui está algo que a Gigi fala no filme e que simplesmente... UOU!!!

Todo filme e toda história implora para esperarmos por isto: a reviravolta no terceiro ato, a declaração de amor inesperada, a exceção à regra. Mas às vezes focamos tanto em achar nosso final feliz que não aprendemos a ler os sinais, a diferenciar entre quem nos quer e quem não nos quer, entre os que vão ficar e os que vão te deixar. E talvez esse final feliz não inclua um cara incrível. Talvez seja você sozinha recolhendo os cacos e recomeçando, ficando livre para algo melhor no futuro. Talvez o final feliz seja só seguir em frente. Ou talvez o final feliz seja só isto: Saber que, mesmo com ligações sem retorno e corações partidos, com todos os erros estúpidos e sinais mal interpretados, com toda a vergonha e todo constrangimento, você nunca perdeu a esperança. 





Quem aí já assistiu? O que acharam?
E vocês têm algum filme romântico preferido? Algum filme que queiram ver por aqui, no RomanticLit?
Aceito sugestões!




XOXO
Tiça. Uma Leitora

7 comentários:

  1. Vou assistir esse filme agora, me chamou atenção...Lindo o seu blogg, amei!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha se interessado pelo filme e que tenha gostado do blog <3
      Depois conta aqui o que achou do filme!

      Excluir
  2. Oi Aline, fiz uma solicitação de troca lá no skoob!!!! Aguardo....Obrigada....*-*

    ResponderExcluir
  3. Heoheoheo, já vi esse, e amo kkkk é realmente um filme legal, recomendo um, que acho que você vai gostar "waiting for forever"
    E claro, espero ansioso por uma resenha de 500 days of summer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deixar que vai logo logo vai ter ele aqui u.u

      Excluir
  4. Olá, a tempos que vi esse filme e vc descreveu bem a proposta que o filme passa! Indico Três Vezes Amor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, adorei a dica! Já coloquei na minha lista!

      Excluir

 
♥ Theme por Yara Lima, do Dear Maidy, exclusivo para Romantic lit © 2015 • Todos os direitos reservados • Topo