Resenha de Melhor que Chocolate, Laura Florand
CampNaNoWriMo 2015: outra competição, dessa vez de escrita
The Wattys: a competição anual do Wattpad




20 de maio de 2014

Aperitivos #24

O boletim de novidades literárias/cinematográficas do RomanticLit tá de volta, pessoal! E com muitas adaptações, hein! Bora conferir!

A Probabilidade Estatística do Amor a Primeira Vista, de Jennifer E. Smith será adaptado para as telonas


A Probabilidade Estatística do Amor a Primeira Vista já tinha tido seus direitos adquiridos há alguns anos, porém só agora a autora Jennifer E. Smith divulgou algumas novidades. O roteirista escolhido para a adaptação foi Dustin Lance Black,  produção ficou com Caroline Kaplan e Bruna Papandrea. A autora diz que apresar de todas as mudanças que precisaram ser feitas, o resultado final foi ótimo. Já foi escolhida também a atriz que interpretará Hadley Sullivan nas telonas, mas seu nome ainda não foi revelado.A busca agora é pelo ator que interpretará o protagonista, Oliver.

Ainda não há previsão de lançamento nos cinemas.

Sinopse: Quem teria adivinhado que quatro minutos podem mudar tudo?

Hoje deve ser um dos piores dias da vida de Hadley Sullivan. Ela está presa no aeroporto JFK, atrasada para o casamento de seu pai, que será em Londres, com uma madrasta que ela sequer ainda conheceu. Então ela conhece o garoto perfeito no aeroporto abarrotado. Seu nome é Oliver, ele é britânico, e ele está no assento 18C. Hadley está no 18A.
Reviravoltas do destinos e peculiaridades do tempo formam esse romance sobre relações familiares, segundas chances e primeiros amores. Ao longo de um período de 24 horas, Hadley e a história de Oliver farão você acreditar que o verdadeiro amor encontra-se quando você menos espera.

E falando de Jennifer E. Smith, a Galera Record adquiriu os direitos de publicação de "This Is What Happy Looks Like", também da autora. O livro tem previsão de lançamento para o segundo semestre.

Sinopse (This Is What Happy Looks Like) : Graham Larkin e Ellie O’Neill se conhecem por um acaso quando Graham envia acidentalmente um email para Ellie sobre seu porco de estimação, Wilbur, e então começam uma improvável relação mesmo ambos vivendo em lados opostos do país e não sabendo nem os nomes um do outro.
Através de uma série de mensagens engraçadas e comoventes, Graham e Ellie constroem uma conexão verdadeira, compartilhando detalhes íntimos sobre suas vidas, esperanças e medos. Mas eles não sabem tudo um do outro; Graham não sabe o segredo sobre a família de Ellie, e Ellie também não sabe que Graham é atualmente um famoso ator adolescente vivendo em Los Angeles.
Quando o local para as filmagens do novo filme de Graham não dá certo, ele vê uma oportunidade de levar o seu relacionamento a outro patamar, transferindo as filmagens para a pitoresca Henley, Maine, onde Ellie vive. Mas pode uma estrela como Graham ter um relacionamento real com uma garota comum como Ellie? E por que a mãe de Ellie evita os holofotes da mídia a todo custo?

Após pedido dos fãs, Universo dos Livros muda o título do 12º livro da série Irmandade da Adaga Negra, de J.R. Ward


Após a divulgação de que o 12º livro da Irmandade da Adaga Negra, - que narrará mais uma vez a história do Rei Cego, Wrath e a rainha Beth, tratando do desejo dela por um herdeiro - , que aqui no Brasil se chamaria "Amante Rei", os fãs da série se mobilizaram para que o título fosse mantido com a tradução original, sendo "O Rei". Há pouco a editora divulgou que após o pedido, o volume teve seu nome alterado para "O Rei", como pedido e que já está em pré-venda (aqui).

Sinopse: Vida longa ao Rei…
Depois de virar as costas ao trono durante séculos, Wrath, filho de Wrath, finalmente assumiu o manto de seu pai — com a ajuda de sua amada companheira. Mas a coroa pesa fortemente em sua cabeça. Conforme a guerra com a Sociedade Lesser esquenta, e a ameaça da Liga dos Bastardos se aproxima, ele é forçado a fazer escolhas que coloca tudo — e todos — em perigo.
Beth Randall pensou que sabia onde estava se metendo quando se uniu ao último vampiro de sangue puro do planeta: não seria fácil. Mas quando decide que quer um filho, ela não está preparada para a resposta de Wrath — ou a distância que isso cria entre eles.

Eleanor & Park, de Rainbow Rowell será adaptado para os cinemas


Já faz algum tempinho que a autora Rainbow Rowell divulgou por sua conta no Twitter que seu livro, "Eleanor & Park", publicado aqui no Brasil pela Novo Conceito, teve os direitos de produção adquiridos pela DreamWorks e que ela mesma escreverá o roteiro no filme. A produção ficou com Carla Hacken e segundo a autora, a produtora está bastante preocupada em fazer o filme de Eleanor & Park se sentir como o livro.

Ainda não há previsão de lançamento nos cinemas.

Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.
Beijos!
Aline, Uma Leitora

0 comentários:

Postar um comentário

 
♥ Theme por Yara Lima, do Dear Maidy, exclusivo para Romantic lit © 2015 • Todos os direitos reservados • Topo