Resenha de Melhor que Chocolate, Laura Florand
CampNaNoWriMo 2015: outra competição, dessa vez de escrita
The Wattys: a competição anual do Wattpad




22 de maio de 2014

Opinião de Uma Leitora: Tentação Sem Limites, de Abbi Glines




Tentação Sem Limites (Sem Limites #2)
Autora: Abbi Glines
Gênero: New adult
Editora: Editora Arqueiro
Páginas: 195
Sinopse: A vida de Blaire Wynn não foi nada fácil. Sua irmã gêmea morreu muito cedo, seu ex-namorado e melhor amigo a traiu e ela precisou cuidar da mãe doente até o último dia de sua vida. Depois de tanto sofrimento, o que ainda seria capaz de machucá-la? O terrível segredo de Rush Finlay. Depois de se apaixonar perdidamente por ele, Blaire descobriu algo cruel que destruiu para sempre o mundo que conhecia. Agora ela está mais sozinha do que nunca e precisa recomeçar a vida longe de todos que a feriram. O único problema é que não consegue deixar de amá-lo. Rush Finlay também não sabe o que fazer. Apesar das tentativas dos amigos e da família para animá-lo, o rapaz segue desolado. Ele já não quer saber da vida que levava, regada a festas, bebidas e mulheres. É atormentado pelas lembranças de um sentimento que jamais imaginara que fosse conhecer e que não pôde ser vivido plenamente. Nem Rush nem Blaire imaginavam que seus universos pudessem se transformar de forma tão radical. Porém, a maior reviravolta das suas vidas ainda está por vir. E ela será tão intensa que obrigará Blaire a engolir o orgulho, voltar a Rosemary, na Flórida, e enfrentar seus inimigos. Rush por sua vez, terá que lutar para consertar seus erros e se provar digno da confiança e do amor dela. Segundo volume da trilogia Sem Limites, que já vendeu mais de 5 milhões de exemplares no mundo, Tentação sem limites é tão viciante e tentador quanto uma paixão proibida. 
 
Sem família, apaixonada por um cara que se revelou ser tudo do que precisava fugir e por fim, grávida.

Sumit não seria sua última parada antes de seu próximo e desconhecido destino. Confusão e decepção insistem em cruzar o caminho de Blaire e trazê-la de volta a Rosemary, a cidade onde todos mantinham bem guardados seus segredos e onde esperava, mesmo que por pouco tempo, manter oculto o seu. Decidida a não se deixar levar pela paixão bruta que resultou na maior decepção de sua vida e esquecer tudo o Rush fez, retoma sua rotina de trabalho, boas gorjetas e planos de quando poderia fugir da influência esmagadora de Rush e criar seu filho longe do ódio da família dele. Porém, assim como ela tomou uma decisão, Rush também fez sua escolha. Agora que tinha Blaire de volta a Rosemary, as chances de reconquistá-la eram muito maiores e ele não as deixaria passar, nem que isso custasse seu relacionamento com Nan. Deixando claro para todos que Blaire seria para sempre sua prioridade, esperava que assim, a loira voltasse atrás, para seus braços, todavia nem mesmo ele imaginava que sua decisão não duraria muito tempo e que um grande e libertador segredo abriria um caminho livre para finalmente viver em paz sua paixão.

1. O que achou do livro?

Eu senti o drama. Forte. E amei. Tentação Sem Limites, foi como reconstruir um castelo de cartas. Todo o esforço e cuidado que Rush e Blaire tiveram para tornar aquela paixão intensa, duradoura, não foi o suficiente para segurar a barra quando as verdades surgiram. Assim, quando o destino trouxe Blaire de volta para Rosemary, Rush teve que investir o máximo e o melhor que pôde para provar que não decepcionaria Blaire e que o amor deles, dessa vez, viria em primeiro lugar. Apesar dessa promessa, que foi a grande estrutura do enredo, o drama se torna ainda mais denso ao decorrer do livro, onde Rush a joga para escanteio N vezes e ainda guardado para sí que esperava um filho, Blaire é atingida inúmeras vezes pela insegurança e o medo de continuar a não pertencer ao mundo de Rush e que seu filho acabasse sofrendo com isso. O enredo foi constituído em cima da insegurança que cada um carrega, do desespero com a possibilidade de terem que se afastar novamente, então isso gera uma raivinha por ambos os personagens. O afastamento causou muitas falhas de comunicação, isso adicionado a uma revelação divisora de águas e a necessidade de um proteger o outro das duras verdades da vida, resulta em mais dor e decisões dolorosas.


Apesar dessa densidade de sentimentos tristes, pode sorrir, porque esse casal continua sendo uma fogueira de paixão, pessoal! Primeiro, o livro tem pontos de vista de Blaire e Rush, nos permitindo conhecer os pensamentos e sentimentos de cada um, o que foi mega esclarecedor! Algumas cicatrizes do passado são curadas, perdões são aceitos e grandes passos são dados por personagens que não pareciam que sairiam do lugar. Rush dá o seu melhor, que a gente já sabe que é sedução pura e um humor gracioso, para reconquistar o coração de sua amada, recompensando cada falha que cometeu no passado, em busca de fazer tudo dar certo, pelo menos uma vez. E não posso terminar sem comentar algo tão presente nesse livro, que poderia ser considerado um personagem e principal, hein! O louvável e grande causador de um dos livros mais quentes do gênero new adult que eu já li: os hormônios da gravidez. Os surtos de necessidade sexual de Blaire foram um arraso de sensualidade e de diversão, graças a disposição inesgotável de Rush em fazer o mozão feliz. Eu amei, foi sexy, gracioso e cheio de paixão e a interação maior entre os dois, além da cama, fez o sentimento "família" enraizar forte em meu coração. Já posso dizer que os Wynn/Finlay estão no meu top 10 de família fabulosa.
Estou apaixonada por esse 90210 escrito, mesmo com seus clichês. E mal posso esperar para ter o próximo livro do casal (o próximo é Estranha Perfeição, livro do Woods, a gente sabe) e conferir se Blaire e Rush segurarão as pontas ou se o último livro trará ainda mais corações partidos.


O trabalho da Editora Arqueiro foi muito bom. A capa belíssima, a diagramação muito boa, letras em tamanho confortável e aquelas páginas grossinhas e texturizadas.

2. Ponto alto

A escolha. Uma das irritações é a hesitação de Rush em fazer sua escolha. Essa hesitação afastou Blaire de si e deu corda as ofensas e maldades de Nan, que são o ponto chave para o fracasso do relacionamento do casal. Então quando ele fez sua escolha, desbloqueou uma admiração por ele em meu coração que estava esperando apenas que tomasse um lado. Algumas coisinhas acontecem, balançando essa decisão, mas no final, Blaire conquistou o primeiro lugar na vida dele.

"Eu estava com medo. Não, estava em pânico com a possibilidade dela voltar. Eu ainda me lembrava de seu rosto naquela noite no quarto do hotel. Ela estava vazia. Não havia emoção em seus olhos. Ela tinha terminado comigo, com o pai dela, com tudo. O amor era cruel. Muito cruel." - Rush

3. Ponto baixo

Uma coisa acontece. Um plot twist, que gerou muitos tables twists aqui em casa. Verdades são reveladas e daquelas grandonas, que mudam o rumo de muita coisa e consertam ou denigrem a imagem de alguns personagens. Eu sinceramente não gostei do tempo que levou para alguém decidir colocar as cartas na mesa, sem medo. Todavia, o resultado disso foi mágico. Antes tarde do que nunca.

4. Qual o seu personagem favorito?

Não tem como. O Rush se esforçou tanto (apesar de ser um pé no saco as vezes), que não posso dedicar esse título para outro alguém. A cada acerto que conseguia, cometia dois erros e a cada dois erros, vinham mais dois, mas ele não desistiu. Suou a camisa para provar para Blaire que ela poderia confiar nele novamente e que apesar de Nan ter sido sua prioridade durante grande parte da vida, ela não era mais. Ele batalhou e conquistou.

"Amava a minha irmã, mas, com o tempo, ela me perdoaria. Poderia perder Blaire para sempre. Não permitiria que isso acontecesse." - Rush

5. Qual elogio e/ou crítica daria a autora?

O que eu posso dizer? Alguém pega um enredo comum de série adolescente americana, joga um pouco de pimenta aqui, um draminha alí, um clichês matadores acolá e tadãn! JAMAIS SERÁ COMO A ABBI GLINES. Essa mulher arrasa em qualquer coisa que escreve. Como todos os bons autores, tem sua magia e toque próprios para transformar o "igual" em único e isso, Brasil, é ser um autor de sucesso, mas acima de tudo, ser um contador de histórias de coração.

6. Nota: 1 2 3 4 5 6 7 8 9  10

7. Deixe um recado para os futuros leitores desse livro

Reconquista, confiança, saudades, amor, desespero, sofrimento, abandono, entrega, necessidade, paixão, ódio, proteção, ciúme, segurança, prioridade, gravidez, hormônios (hehe), realidade, escolhas e um toque único de Abbi Glines = livro bom pra caramba!

"Aquilo era real, e talvez não fosse durar para sempre, mas, por ora, era meu. Eu encontraria uma forma de deixá-lo ir embora se ele quisesse. Mas eu o amava. Isso nunca iria mudar." - Blaire

Beijos!
Aline, Uma Leitora

2 comentários:

  1. Eu lis os dois livros e gostei bastante, vi um amadurecimento dos protagonistas e também uma evolução na trama, pode até ter seus clichês, mas eu curto um romance cheio de altos e baixos.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvidas! Acho que o trunfo desse livro foi o esforço do Rush. Só por se mostrar tão certo e decidido em se tornar alguém melhor para Blaire, a evolução do personagem fica na cara. Adorei também, assim como o primeiro e estou morrendo na chuva pelo lançamento de Estranha Perfeição.
      Beijos!

      Excluir

 
♥ Theme por Yara Lima, do Dear Maidy, exclusivo para Romantic lit © 2015 • Todos os direitos reservados • Topo