Resenha de Melhor que Chocolate, Laura Florand
CampNaNoWriMo 2015: outra competição, dessa vez de escrita
The Wattys: a competição anual do Wattpad




2 de maio de 2014

Opinião de Uma Leitora: Austenlândia, Shannon Hale


Austenlândia
Autora: Shannon Hale
Gênero: Romance
Editora: Editora Record
Páginas: 240

Sinopse: Jane Hayes tem 33 anos e mora na Nova York atual. Bonita, inteligente e com um bom emprego, ela guarda um segredo constrangedor: é verdadeiramente obcecada pelo Sr. Darcy. Embora sonhe com ele, os homens reais com os quais se depara são muito diferentes dos que habitam sua fantasia. Justamente por isso, ela decide deixar de lado sua vida amorosa e aceitar seu destino: noites solitárias aconchegada no sofá assistindo a Colin Firth em seu DVD. Porém, esses não são os planos que sua rica e velha tia-avó Carolyn, tem para a moça. A única a descobrir o segredo de Jane deixa, em seu testamento, férias pagas para a sobrinha-neta na Austenlândia. A ideia é que Jane tenha uma legítima experiência como uma dama no início do século XIX e consiga se livrar de uma vez por todas de sua obsessão. Contudo, para isso, ela terá que abrir mão do celular, da internet e até do uso de sutiãs em troca de tardes de leitura, espartilhos e... a companhia de belos cavalheiros.


Sabe aquele problema que toda leitora tem de se apaixonar por um personagem literário e quando vê a realidade, ela te decepciona?! Este livro trata basicamente disto. É sobre uma mulher, Jane Hayes, de trinta e três anos que é apaixonada por Mr. Darcy desde seus dezesseis anos (mas quem pode culpa-la?!) e não consegue se relacionar com os homens (ao menos não por muito tempo) por este motivo. Quando sua tia-avó descobre essa sua fixação por Mr. Darcy ela decide deixar em seu testamente férias para Jane na Austenlândia, um lugar onde você deve se portar como, no caso dela, uma dama do início do século XIX, ou seja, sem celular, internet, nada de tecnologia, tendo que usar espartilhos, calçolas, vestidos pesados, chapéus... A ideia de sua tia-avó era de que Jane, vivendo como uma dama daquela época, deixasse enfim aquela fantasia infantil de lado, mas será mesmo que ela irá, enfim, mudar?


1. O que achou do livro?

Eu amei o modo que Shannon escreve. Amei o fato de a narrativa seguir como uma história que a própria Jane Austen teria escrito (ao menos se ela vivesse em nosso tempo). Amei o fato que a primeira frase de Austenlândia "É uma verdade universalmente reconhecida que..." seja a mesma de Orgulho e Preconceito. Amei o fato dessa história ser engraçada, apesar de um pouco triste. Amei o fato de ter tido um final feliz. Amei o fato de Jane Hayes parecer como uma mulher comum (ou mesmo uma garota comum). Shannon é uma verdeira contadora de histórias, que colocou romance e comédia na medida certa.  

2. Ponto alto

O ponto alto, acredito eu, seja quando Jane começa a perceber que a realidade é melhor que a imaginação, afinal a realidade é algo real.

3. Ponto baixo

Ela ter se envolvido com Martin. Nunca gostei muito dele...

4. Qual o seu personagem favorito?  

Não contando Jane, seria o Sr. Nobley. Com toda a certeza! Além dele parecer em muito com Mr. Darcy, ele é um personagem muito cativante, que tem seus momentos de romantismo, grosseria, tristeza, melancolia...

5. Qual elogio/crítica daria a essa autora?

Francamente, eu não tenho críticas. Amei tudo neste livro, tanto a escrita quanto a história em si. Fiquei muito curiosa também para ler os outros livros dela, como O Livro dos Mil Dias e Academia de Princesas. 

6. Nota: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

7. Deixe um recado para os futuros leitores desse livro

É lindo, inspirador, super engraçado, recomendo e se tornou um dos meus livros preferidos!


XOXO
Tiça, Uma Leitora

1 comentários:

  1. Terminei de ler o livro sábado, e simplesmente chamei ele perfeito, acho que é um livro essencial para as austenmaníacas (como eu rs), porque é uma mistura de todos os livros da Jane com a história que todas nós gostaríamos de viver, afinal quem nunca quis um Mr. Darcy ? Eu simplesmente amei, amei Mr. Nobley, ele é perfeito como Nobley, como Henry, amei a cena do avião, dele com medo de voar, foi muito gracinha rs, simplesmente perfeito, não consigo descrever de outra forma rs .... Super indico !

    ResponderExcluir

 
♥ Theme por Yara Lima, do Dear Maidy, exclusivo para Romantic lit © 2015 • Todos os direitos reservados • Topo