Resenha de Melhor que Chocolate, Laura Florand
CampNaNoWriMo 2015: outra competição, dessa vez de escrita
The Wattys: a competição anual do Wattpad




21 de setembro de 2013

Opiniões de Umas Leitoras: Amante Finalmente, J.R. Ward




Sinopse: Qhuinn está acostumado à solidão. Repudiado por sua linhagem e evitado pela aristocracia, ele finalmente encontrou uma identidade como um dos lutadores mais brutais na guerra contra a Sociedade Redutora. Mas sua vida não está completa. Mesmo que a perspectiva de ter uma família esteja ao seu alcance, ele está vazio por dentro, com o coração entregue a outra pessoa... Blay, depois de anos de amor não correspondido, acredita já ter superado Qhuinn. E já era hora: o homem parece ter encontrado o seu par ideal em uma fêmea Escolhida, e eles terão um filho, exatamente como Qhuinn sempre quis. O destino parece ter levado a vida desses vampiros soldados em direções diferentes... Mas a batalha pela liderança da raça se intensifica, e os novos jogadores na cena de Caldwell estão criando um perigo mortal para a Irmandade. Qhuinn finalmente descobre a verdadeira definição de coragem, e os dois corações que estão destinados a ficar juntos... finalmente se tornam um.



Sim, eu já tinha lido os outros livros da saga e sabia do que a Warden era capaz. Mas só pude descobrir o que era "ressaca literária" ao virar a última página desse livro. A primeira vez que eu sinto a perda, a falta por o final de uma estória e apesar de ser ruim, tem suas porções de bom também, afinal, não é sempre que se encontra uma autora que consegue transformar o modo de seus leitores encararem a vida e certos tabus com tanto cuidado, carinho e veracidade. 


Opinião de Uma Leitora chamada Aline Azevedo (eu)

1. O que achou do livro?

Bem, quem me conhece e é frequentador do Uma Leitora, sabe o quanto eu gosto da saga Irmandade da Adaga Negra. A J.R. Ward é mestre em mesclar o gênero erótico com sobrenatural e não ficar aquela lambança confusa. Desde que comecei a ler a saga e me deparei com o conflito de sentimentos entre Qhuinn e Blaylock, logo os dois se tornaram o meu casal favorito. Conclusão: li todos dos 10 livros pra finalmente conhecer a estória desses dois e eu esperava que fosse um livro-desafio. Por ser um casal homossexual e pela ligação entre os dois ser muito além da atração física, achei que a Warden fosse deixar tudo muito explícito e por mais que não tenha nenhum problema com literatura LGBT, quando se trata de uma autora perfeita de eróticos, acaba deixando os leitores levemente apreensivos. Mas não. A autora focou bastante nos traumas de Qhuinn, em como a rejeição de seus pais, os atos de seu irmão e seu próprio "defeito genético", influenciaram na pessoa inacessível e como este ficou cego para seu amor e para o amor que seu melhor amigo, Blaylock sempre nutriu por ele. Após muitos corretivos que levou da vida, Qhuinn finalmente abre sua mente para um amor que não esperava receber e que quando aceita, já não está mais a seu alcance. O livro tem também inúmeras estória paralelas, o que o deixa suuuper longo (quase 700 páginas), mas que dá um balanço aos acontecimentos e deixa os ganchos necessários para o próximo livro e é cheio de acontecimentos chocantes na velocidade da luz! Quando você está se recompondo do último choque, vem outro e te derruba novamente. É de deixar o leitor sem fôlego e de queixo caído. E graças aos céus a antiga tradutora da Universo dos Livros voltou e não tive que esquentar a cabeça com medo de que a tradução fosse fail como a da Amante Renascido. Enfim, a Warden é o midas dos romances sobrenaturais pra mim. Qualquer enredo que ela toca, qualquer personagens, ela transforma em ouro literário, nunca deixando de surpreender seus fãs. Esse foi o meu livro favorito da série, não faltou nem sobrou nada. Foi perfeito, na medida certa.


2. Ponto alto 

Tão difícil! Bem, provavelmente quando Blay finalmente põe pra fora tudo o que esteve o matando desde a primeira faísca de atração por Qhuinn. Falando muitas verdades dolorosas e finalmente ficando livre daqueles sentimentos e pronto para outros novos e arrebatadores.


3. Ponto baixo 

Xcor e seu novo plano pra destronar Wrath. Não é um ponto baixo visto como erro da autora, mas é que eu sei vai trazer problemas futuros e que agora que o líder do Bando dos Bastardos tem sua escolhida a seu alcance, ele está investindo ainda mais contra o Rei da raça, isso quer dizer, se arriscando completamente e querendo ou não, levando Layla consigo.


4. Qual o seu personagem favorito?

Gente. O Qhuinn é o melhor personagem com quem já me deparei. Eu tenho uma atração estranha por personagens marcados pela vida e se tem alguém que só não sofreu mais do que Jesus, esse alguém é o Qhuinn. Sempre tão durão, diferente, aberto para coisas novas, mas quando se trata de sua vida pessoal, de seus próprios sentimentos, ele é um pereba completo. A evolução estilo looping do personagem no livro é deliciosa, dá pra aprender muita coisa com ele e com o amor dele por Blay.
Mas só pra constar, eu amei a Sola e o Assail também.


5. Qual crítica e elogio daria a autora?

Eu gostaria muuuito que o Saxton tivesse seu próprio livro, assim como os Sombras. Acho que todos que começam a fazer parte do ambiente da Irmandade, no caso o complexo, deveria ter seu próprio livro. Querendo ou não, começamos a conviver com os personagens e a querer conhecê-los sempre mais e o Sax merece ser amado e ter um chacoalhão na sua vida normal por um macho arrebatador. Queria muito que fosse Saxton e Throe. Me julguem. Essa saga é viciante. Eu não sei como prosseguirei quando ela acabar, quando não tiver mais os irmãos, o Bando dos Bastardos, as escolhidas, os sombras, os shympathos, etc. E eu fico muito feliz por amar tanto o trabalho dessa autora, as lições que encrustadas no enredo, se tornam tão fáceis em serem absorvidas para nossas vidas e por fazer o amor acontecer nos momentos e situações mais inoportunas, com os personagens mais incompatíveis. A vida é difícil e mesmo sendo uma raça fictícia, ela continua se apegando a realidade, sendo brutal para humanos e sobrenaturais. Não é um discurso meloso, pessoal, porque é romance e ser amorzinho tá liberado, mas é que é difícil encontrar livros que me deixem tão apaixonada e um autor que te inspire tanto. Enfim, desde o primeiro livro a Ward está de parabéns, que continue a nos encher de ótimas estórias e não se deixe abater pela vida real, porque nos livros a felicidade e intocável e inabalável.


6. Nota: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 (porque não posso dar 7468543984)


7. Deixe um recado para os futuros leitores deste livro

Bem, se você já leu os 10 livros anteriores, bem vindo ao momento em que o seu coração apenas desiste de sofrer e amar ao mesmo tempo. Ele vai doer, vai se encher do mais puro amor e do mais denso ódio. Mas cada sentimento conflitante vale a pena pra ver esses dois, que tanto sofreram, presos em suas próprias dúvidas e medos, serem libertos e estarem finalmente prontos para serem felizes. Se você ainda não leu os 10 livros anteriores, apenas um recado: CORRE GATO(A), PORQUE É BOM DEMAIS!



Opinião de Uma Leitora chamada Ilíada Fermiano

1. O que achou do livro?

Achei o livro um dos melhores de toda a série da Irmandade da Adaga Negra, ele consegue ser romântico, mas com muita aventura e várias reviravoltas. 


2. Ponto Alto

Minha parte preferida do livro é a conclusão da trajetória do relacionamento do Blay e do Qhuinn, onde eles finalmente podem parar de sofrer tanto, como sofreram nos livros anteriores, e também a recompensa que o Qhuinn tem por todo o esforço que ele teve em todos os livros... Não vou descrever muito, para não dar muito spoiler.

3. Ponto Baixo

Pontos baixos do livro são as que aparecem o Xcor, não gosto dele de maneira nenhuma...


4. Qual o seu personagem favorito?

Personagem favorito nesse livro é o Qhuinn, na série toda é o Zsadist.


5. Qual crítica e elogio daria a autora?

Eu admiro muito essa autora, pois ela consegue mostrar vários pontos de vista dentro do mesmo livro, vemos pelos olhos dos heróis, dos vilões... Fora que ela conseguiu derrubar muitos preconceitos que eu tinha, e sempre consegue nos surpreender! Os livros que ela escreve são cheios de surpresa, e sempre deixa ganchos ótimos para os próximos livros.


6. Nota: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 


7. Deixe um recado para os futuros leitores desse livro

 Leiam! Derrubem seus preconceitos! Sei de fãs da Irmandade que não querem ler esse livro por conta do relacionamento do Blay e do Qhuinn, mas digo: deixem isso de lado! É um livro lindo, com tudo que todos os outros livros da Irmandade têm, e o romance dos dois é tratado com muita sensibilidade. Fora que tem fatos importantes que provavelmente serão explorados nos próximos livros... Vocês precisam ler!


Muitíssimo obrigada á Ilíada por compartilhar sua opinião com todos nós!

Olha que nem somos pagas pra elogiar tanto a Warden! É tudo do fundo do coração mesmo. Espero que vocês conheçam o trabalho da J.R. Ward e se apaixonem profundamente como nós e quem já conhece, se surpreenda com esse enredo e com mais uma prova de competência e talento dessa ótima autora. E bem vindos ao hospício (como bem disse o Rhage), porque é saga é loucura do início ao fim!


Beijos e bom fim de semana!
Aline, Uma Leitora


5 comentários:

  1. Meninas.... Sério concordo com tudooooo! Amo esses dois.. Amo a série inteira.. Só discordo da Ilíada em uma coisa.. Eu gosto do Xcor! Amar.. já é demais... mas gosto! E amei a cena dele e da Layla no final do livro, linda! Achei que esse foi um dos melhores livros da série inteira e a cena do avião é MA RA VI LHO SA! rsrsrs Quem ainda não leu...corre que o livro é demais!

    http://cladoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Gostei da opnião, não tinha ouvido/ nem visto nada a respeito do livro

    ResponderExcluir
  3. Gostei demais de ter mais de uma opinião sobre o livro, assim podemos saber mais de um ponto de vista.

    Estou seguindo seu blog para acompanhar as atualizações e sempre que puder fazer uma visita.
    Abraços

    http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu já ouvi falar muito sobre esta saga, mas eu ainda não consigo começar a ler. Não sei explicar o porque.

    Bjus.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Só agora consegui comentar, quase uma semana sem internet banda larga, só com a 3G... :(! Amei, amei e amei seus comentários sobre nosso querido livro da Irmandade! Todos têm que ler essa saga! E também amei dar os meus comentários aqui! Foi um prazer!!!

    ResponderExcluir

 
♥ Theme por Yara Lima, do Dear Maidy, exclusivo para Romantic lit © 2015 • Todos os direitos reservados • Topo