Resenha de Swag, Cambria Hebert
Resenha de Séries: Eyewitness
Resenha de Seduzida Por Um Guerreiro Escocês, Maya Banks




18 de julho de 2013

Desafio 365 Dias de Filmes: Uma Ladra Sem Limites




Uma Ladra Sem Limites (Identity Thief)
País de Origem: EUA
Gênero: Comédia/Crime
Duração: 111 minutos
Ano de Lançamento: 2013



Sinopse: A história de "Uma Ladra sem Limites" acompanha Sandy Patterson (Bateman), um homem com nome feminino que tem sua identidade roubada por uma mulher (McCarthy). Quando ela começa a se passar por ele e gastar todas as suas finanças, a situação toma um rumo complicado e divertido.


Sandy sofre por ter um nome unissex, mas isso nunca havia lhe trazido problemas graves, até que por telefone, ele disponibilizou todas as suas informações a uma suposta consultora de seguros. Ele é o melhor em seu cargo, mas seu chefe não prestigia seu trabalho e em uma jogada perigosa, ele abandona o emprego seguro, para iniciar uma nova empresa com seus colegas de trabalho. Neste momento, sendo pressionado e testado por seu novo chefe, Sandy é surpreendido quando é preso e descobre que alguém está usando tanto sua identidade quanto seu dinheiro como se fosse ele. Após passado o mal entendido, ele descobre ser uma mulher, que aproveitou seu nome também feminino para limpar sua conta bancária e extravasar com sua identidade. Com crimes cometidos em vários estados, Sandy bola um plano com a polícia para para trazer esta mulher até sua cidade e conseguir dela uma confissão de seus crimes.


Comecei a assistir sem nenhuma expectativa. Estava com vontade de assistir um filme de comédia e esse me pareceu atraente. Como um lobo em pele de cordeiro, ninguém acredita que uma gordinha ruiva pode ser uma clonadora de cartões procurada tanto pela polícia, quanto pela máfia e Sandy vê sua missão de recuperar seu nome bem mais fácil do que se torna. Fugindo dos capangas de um grande criminoso, Diana aceita a viagem, achando ser apenas para conversar com o chefe de Sandy e este, lhe devolver seu emprego. Entre tiroteios, ataques de cobras e uma fuga de um assassino de aluguel, você se apaixona tanto por Diana, com seu humor e passado triste, que se arrepende de querer que ela arque com as consequências, muitas vezes, impensadas de seus atos. No meio de toda essa comédia, o drama quebra um pouco o clima feliz, uma injeção de compaixão é aplicada em nós, partindo nossos corações com a revelação da infância de Diana, que ao encontrar a família de Sandy, se comove com o clima de união entre eles e como eles a acolhem, mesmo sabendo de seus feitos.


O que salva é a personalidade sacana e sofrida de Diana e as tantas trapalhadas que ela comete na viagem.Os outros personagens não são tão cativantes, até mesmo Sandy se revelou cansativo e a sinopse parece muito melhor do que a produção realmente é. Não achei que foi o suficiente para sustentar o filme e apesar de ter sido uma boa diversão, não é um filme para se assistir duas vezes. Um daqueles filmes que acontece tudo o que você espera, mas proporciona boas risadas.

Avaliação: ★★★

 

Se você busca por uma boa dose de comédia, básica e fácil, não deixe de assistir Uma Ladra Sem Limites!


Mais um filme para suas férias! Já assistiu? Vai assistir? Comente sua opinião!

Beijos!
Aline, Uma Leitora

2 comentários:

  1. Uau, parece ser realmente uma comédia de rachar de rir, rsrs. E, sabe, gosto dessas comédias que dão um pouco o que pensar, nem que para isso caia no clichê...
    A resenha ficou ótima, parabéns!

    Abraços!!

    http://pecasdeoito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. adoreii esse filmee , muitooo booom !



    #Recomendo

    ResponderExcluir

 
♥ Theme por Yara Lima, do Dear Maidy, exclusivo para Romantic lit © 2015 • Todos os direitos reservados • Topo