Resenha de Melhor que Chocolate, Laura Florand
CampNaNoWriMo 2015: outra competição, dessa vez de escrita
The Wattys: a competição anual do Wattpad




13 de junho de 2013

Desafio 365 Dias de Filmes: Amizade Colorida


Oi gente! Feliz Dia dos Namorados (atrasado) á todos! 
Para compensar o atraso e a falta de um post cheio de corações e romance, aqui está
um retrato de um uma vontade convencional, o amor, porém, retratada de uma forma divertida e em um
acordo bem diferente. 



Amizade Colorida (Friends With Benefits)

Gênero: Comédia/Romance
Duração: 106 minutos
Ano de Lançamento: 2011

Sinopse: Jamie é uma jovem recrutadora de Nova York, que acaba de conseguir um cliente em potencial, Dylan, que deixa São Francisco atrás de uma vaga de emprego na Big Apple. Os dois desenvolvem uma amizade e percebem que desejam mais do que isso um do outro, porém, seus relacionamentos anteriores os marcaram negativamente e tudo o que menos desejam, é se entregar ao amor novamente. Os dois decidem então, manter uma "amizade com benefícios", onde sexo e amizade eram permitidos e sentimentos mais profundos, não. Entretanto, quanto mais se conhecem, mais difícil ficava controlar o rumo que a relação leva.




Jamie e Dylan estão presos naquele status que a maioria das pessoas fica em alguma época da vida: emocionalmente fechados. Com ótimos empregos, eles decidem continuar a vida focado neles, fazendo do sexo apenas uma necessidade biológica, nada a ver com amor ou paixão, até que os dois concordam em manter a relação sexo/amizade. A partir daí, o conhecimento um do outro, o suporte da parte amigo e o sexo, se juntam, montando o príncipe encantado que Jamie tanto almejava e a mulher a qual não podia deixar escapar, que Dylan descobriu desejar. 



Um ótimo filme. Acho que hoje em dia, as pessoas querem ser muito "cult" (por algum motivo misterioso/nada contra quem é) e acabam se esquecendo de se divertir, sem a preocupação do que isso vai repercutir em seu desenvolvimento. Sim, é uma produção de sucesso, com atores conhecidos, mas é divertida, tem um enredo consistente e faz com que nos identifiquemos, porque é algo real. Ri demais, a Mila é um primor das telonas, uma atriz muito versátil, interpretando um personagem cheio de manias e receios femininos. O Justin era uma incógnita até este filme. Nunca o tinha visto atuar sem ser com personagens coadjuvantes, mas gostei. Dylan é bonito, talentoso, mas ainda assim tem problemas, fobias e manias estranhas. A pegada deste filme, é que os personagens são "humanos". Nada de mulheres impecáveis e homens perfeitos.



Chorei nas partes em que mostrou o pai do Dylan, que tem Mal de Alzheimer e acabava por confundir e esquecer as coisas em alguns momentos, deixando aquele clima de tensão e dor no coração de todos. Meu avô teve essa doença e eu sei o quão difícil pode ser lidar com ela as vezes, mas o quão difícil é também para eles, continuarem vivendo diante de algo que os muda e faz os outros mudarem para com eles.

Não se esqueçam de se divertir sem compromisso, pessoal! 

Avaliação: ★★★★


Comentem?
Boa semana a todos!

Beijos!
Aline, Uma Leitora

2 comentários:

  1. Awn, quero muito ver este filme, todos comentam bem dele.
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adoooooro esse filme! É super divertido e o final é mega fofo *-*

    Beijo
    Mariana | Sem querer me intrometer

    ResponderExcluir

 
♥ Theme por Yara Lima, do Dear Maidy, exclusivo para Romantic lit © 2015 • Todos os direitos reservados • Topo