Resenha de Melhor que Chocolate, Laura Florand
CampNaNoWriMo 2015: outra competição, dessa vez de escrita
The Wattys: a competição anual do Wattpad




30 de outubro de 2015

Resenha: Amante da Fantasia, de Sherrilyn Kenyon



Amante da Fantasia (Saga Dark Hunters)

Autora: Sherrilyn Kenyon
Gênero: Romance paranormal
Editora: Editora Novo Século
Páginas: 336
Sinopse: Ficar preso em um quarto com uma mulher é algo formidável. Ficar preso em centenas de quartos durante mais de dois mil anos não é. E ser amaldiçoado dentro de um livro como um escravo sexual pela eternidade pode arruinar até mesmo o dia de um guerreiro espartano. Como escravo sexual, eu sabia tudo a respeito das mulheres. Como tocá-las, como saboreá-las e, principalmente, como satisfazê-las. Porém, quando fui evocado para realizar as fantasias sexuais de Grace Alexander, encontrei a primeira mulher na história que me enxergou como um homem com um passado atormentado. Só ela se importou em me tirar do quarto, levando-me para o mundo. Ela me ensinou a amar outra vez. Mas eu não nasci para conhecer o amor. Fui condenado a uma solidão eterna. Como general, eu tinha aceitado minha sentença havia muito tempo. Porém, agora encontrei Grace... a única coisa sem a qual meu coração ferido não é capaz de sobreviver. Com certeza, o amor pode curar todas as feridas, mas poderá também romper uma maldição de dois mil anos?


Em Amante da Fantasia, Grace é uma bem sucedida terapeuta sexual de Manhattan. Porém, contraditoriamente, sua vida sexual e amorosa não anda muito bem desde seu último relacionamento, anos atrás, que destruiu sua autoestima e confiança em qualquer homem que tentasse se aproximar. Serena, melhor amiga de Grace e cartomante, já está cansada de ver a a solidão de sua amiga e resolve, como presente de aniversário, tentar uma nova magia - que como as outras que tentou, imaginava que não daria em nada - mas com a boa intenção de resolver o problema imediato da amiga: anos sem prazer.
Selena convence uma embriagada Grace a evocar um escravo sexual espartano, que segundo a lenda, vive aprisionado em um livro, pronto para servir quem chamar seu nome três vezes com trinta dias de prazer. Grace entra na brincadeira e chamar Julian da Macedônia três vezes sob a luz da lua cheia e é surpreendida com mais uma furada dos poderes místicos de Selena. Nada acontece.
Porém, quando sua melhor amiga vai embora frustrada, um desconhecido altamente sexy surge no meio da sua sala, nu, exatamente igual a pintura no livro que Grace ganhou e estressantemente insistente em tomar o que ela não está disposta a ceder com tanta facilidade. Quem quisesse seu corpo, teria antes que lhe dar algo mais. Seu coração.

"Foi então que ela soube. Era a escuridão. Era por isso que ele apenas diminuíra a luz.- Desculpe-me, Julian. Eu não pensei... - Ele não disse nada.Grace puxou-o para seus braços, espantada com o modo como um homem forte como aquele se agarrava a ela, como se não pudesse soltá-la. Julian deitou a cabeça em seus seios.Cerrando os dentes, ela sentiu lágrimas nos olhos. Nesse instante, soube que nunca poderia deixá-lo voltar para aquele livro. Nunca."

Eu estou viciada em outra série? É, parece que eu estou!
Amante da Fantasia junta todas as fascinações de muitas de nós: deuses e semideuses gregos, duas pessoas maravilhosas com passados dilacerantes e que juntas conseguirão superar seus traumas e conhecer o amor, erotismo surpreendentemente... sexy? E muito, mas muito humor!
A Sherrilyn Kenyon apostou nomes conhecidos da mitologia grega com facetas que eu jamais imaginaria, mas não abrindo mão das grandes figuras e situações que os deuses do olimpo são e se metem. A base histórica do enredo é bem explicadinha e fica muito mais divertida de acompanhar com as discussões de Selena, que além de cartomante é formada em história antiga. Eu sempre fiquei no conhecimento superficial da mitologia grega, o que foi um ponto extra de conquista, já que me apaixonei por tudo o que li, principalmente pela história de Julian da Macedônia.

Julian da Macedônia é evocado como escravo sexual há mais de dois mil anos. Seu destino já havia sido há muito condenado em uma vida sem amor e um erro em um passado distante causou a fúria dos deuses e uma punição que não sabia mais se seria capaz de lidar. Sem nada além da aflição de ficar preso no pergaminho onde foi confinado, é mais uma vez evocado. Esperando os abusos e frieza dessa nova dona, se surpreende quando Grace o afasta do corpo feminino perfeito e lhe oferece sua amizade e sua ajuda para libertá-lo do livro e devolvê-lo ao mundo como um homem livre. Condicionado a sexo sem pausas, Julian luta contra o desejo novo de tomar uma mulher por vontade própria e contra a enxurrada de outros sentimentos novos. A alegria de tê-la por perto, as descobertas desse novo século, ser tratado como um humano novamente e a tristeza de vê-la tão sozinha e ferida por um homem que não a tratou como deveria.
Sem conseguir mais ficar longe dela, Julian investe com tudo o que tem para conquistar sua confiança, apresentando como ninguém fez como o prazer não fere ninguém, entretanto, sem nunca tomá-la por completo. E quando o amor acontece, ele tem certeza que nunca dará certo para alguém amaldiçoado desde o nascimento. Com isso em mente, Julian precisa decidir entre voltar para o passado como o grande general que mudou a história e abandonar Grace como os outros homens e sua vida ou permanecer no presente, com a mulher que lhe deu o que nem as estrelas haviam escrito, igualdade, humanidade e amor.

"Nenhum poder do além pode fazer um humano amar o outro. O amor vem de dentro do coração." 

O amor nesse livro é um sentimento que já chegou quebrando todo mundo. Julian foi condenado a nunca ser amado e Grace, foi usada enquanto tentava encontrar o amor, em uma situação de solidão. E uma das coisas mais gostosas dessa leitura foi ver o gelo derretendo. Como os dois de ariscos se transformaram em carinhosos, desejosos e apaixonados. 
Excelente também foi a escolha dos inimigos de Julian, que continuam prontos para a briga e para atingir o novo ponto fraco de Julian mesmo milhares de anos depois. E por favor, como não querer correr para conhecer Kyrian de Trácia?!
Da tensão sexual podemos esperar desespero. Sherrilyn conseguiu recompensar o leitor que esperava impaciente pela paixão incandescente o atiçando ainda mais com curtas cenas sensuais demais, nunca deixando o nosso coração desacelerar. E coroando com uma completa cena de amor que aniquilou mais pelo quesito sentimentalismo do que pela paixão finalmente liberta.

Amante da Fantasia é o primeiro capítulo perfeito para chamar amantes de um bom romance sofrido, mitologia grega e técnicas avançadas de sedução para o restante da Saga Dark Hunter!

Avaliação:  
Beijos!
Aline, Uma Leitora

0 comentários:

Postar um comentário

 
♥ Theme por Yara Lima, do Dear Maidy, exclusivo para Romantic lit © 2015 • Todos os direitos reservados • Topo