Resenha de Melhor que Chocolate, Laura Florand
CampNaNoWriMo 2015: outra competição, dessa vez de escrita
The Wattys: a competição anual do Wattpad




26 de janeiro de 2015

Resenha Á Gringa: Changing His Game, Justine Elvira


Changing His Game (The Reynolds Brothers #1)
Autora: Justine Elvira
Gênero: Romance/erótico
Páginas: 225
Sinopse: Filmes adultos. Filmes XXX. Pornô.
Essse são os tipos de filmes que eu jamais planejei assistir. Era um tabu onde eu cresci. Como criança, eu só tinha ouvido falar sobre isso. No ensino fundamental meus parentes iriam falar sobre meu estranho primo Frank e como ele deveria procurar um emprego, ao invés de assistir "aquele filmes" o dia todo. No ensino médio os garotos achavam ser engraçado perguntar as minhas amigas e a mim para estrelar no filme pornô amador que eles estavam produzindo. No colégio, a maioria dos meus amigos os assistiam, mas eu nunca tinha. Quando eu mudei para a Califórnia, aquilo mudou.
Após surpreender o meu noivo em casa e o pegar fodendo outra mulher, eu saltei em meu carro e comecei a dirigir. Eu estava fugindo da minha antiga vida e precisava de uma mudança. Me lembrei de minha amiga Tawny me convidando para visitá-la em Los Angeles, então foi para lá que eu fui.
Não encontrei Tawny quando cheguei lá, mas encontrei seu maravilhoso colega de quarto, Jared. Nossa amizade começou dura, mas ele meu deu um lugar para ficar e me ajudou a me recuperar. Ele se tornou meu melhor amigo. Melhor amigo que milhões de mulheres cobiçavam.
Jared joga por um tipo diferente de regras, onde se pode tudo. Seu estilo de vida é diferente de tudo que eu já testemunhei antes e isso me assusta. Quando você vive sua vida na borda, eventualmente, você irá cair. Eu não queria ver isso acontecer com ele.
A noite ele é apenas o Jared, o meu Jared, e eu negarei isso a qualquer um que perguntar, mas eu estou completamente apaixonada por ele. Durante o dia ele é Brandon Boner, e o mundo está apaixonado por ele.
Oh, eu mencionei que ele é uma estrela pornô?


Em Changing His Game, Autumn narra a sua volta para casa após a conclusão da sua graduação. De volta para o Michigan, a loira espera encontrar em South Raven tudo no exato lugar. Sua família na loja de barcos, sua irmã mais velha e seu noivo, Brock. E ela o encontra, mas não exatamente cokmo deixou antes de sair. Mais precisamente na cama com uma amiga do ensino médio. Vazia e sem rumo, Autumn não conseguiria consolo da família sem lhes contar o que houve, é então que com o endereço de uma amiga atriz, que vive agora na Califórnia, nas mãos, pega estrada, destino Los Angeles, rumo a colo de amiga e talvez, um recomeço longe de tudo.
Quando chega ao endereço, mal pode acreditar no que vê. Uma super mansão em um condomínio fechado e que vazava gente bonita e música alta. Sem saber se estava no lugar certo, o jeito era entrar e descobrir. O que Autumn desvenda lá dentro é um verdadeiro bacanal. Gente bonita e uma orgia regada a álcool. Casais e trios fazendo todo o tipo de coisa no meio da sala e em cada canto, escuro ou não. Apavorada, a garota corre para o segundo andar e com uma visão panorãmica daquela loucura, a troca de olhares com o homem mais sensual que já viu não foi esperada, mas quando aconteceu, Autumn se deixou levar pelas supresas que a vida vinha dando, a necessidade de conhecê-lo gritando sobre qualquer tristeza.

Deus do céu! Como eu faço ara Jared Reynold existir? As minhas expectativa sobre essa leitura eram altas. Na época em que conheci era livro único (agora não é mais), com uma profissão que eu ainda não tinha lido em um romance e com uma autora famosa por nos fazer suar a cada página. E quando eu comecei a ler, quase me desesperei. Imaginei que Autumn fosse a garota inocente e simples de sempre e bláblá e caí do cavalo. Não só forte, mas ousada e sexy sem ser vulgar, Autumn tornou a narrativa em primeira pessoa uma delícia, sem enrolação e com muitos pensamentos impuros de uma mulher decidida. Eu amei isso. Além dessa super protagonista, que se revela bem mais do que a minha descrição anterior, o cenário deixa espaço para muita coisa dar errado. O que eu só amo!

"Ele faz parecer que está apaixonado por suas parceiras. É lento, apaixonante; ele ama beijar e fazer as pazes e há uma monte de preliminares. É por isso que tantas mulheres o amam. "

Após se conhecerem oficialmente na cozinha na manhã seguinte (com direito a uma loira turbinada nua) e Jared permitir que ela fique até Tawny voltar da sua viagem para Paris, um imprevisto parece um começo limpo para Autumn nesse novo estado. Uma das atrizes que encenariam com Jared tem um problema, ele pergunta se ela não quer gravar algumas cenas com ele e eufórica com a oportunidade de primeira, Autumn aceita. De biquíni minúsculo e maquiada como uma Kardashian, vendo Jared enrolado na toalha, esperando para um jato de bronze na pele de TODO o corpo é que entende. Jared Reynolds, mais conhecido como Brandon Boner (gente, "Boner" em inglês é "ereção", tá? #pasmadas) é ator sim, assim como Tawny. Ator pornô. Depois desse incidente que termina terrivelmente, uma amizade cresce forte, não maior do que o desejo que nenhum dos dois quer dar ouvidos e deixar que estrague o sentimento puro que os une. Todavia, a cada dia Jared vê o sexo deixar de ser "ossos do ofício" e se tornar uma necessidade. Autumn, ou Billy, como a apelidou, não sai da sua cabeça, atrapalhando o seu trabalho, a sua diversão, tudo e se tornando o centro gravitacional que atraia o seu corpo para perto.
Apaixonada pelo homem que até a sua irmã já tinha visto os filmes pornô e que é conhecido por parecer estar apaixonado pelas atrizes com quem encena, Autumn vê o respeito e a segurança que sente junto a Jared descerem pelo ralo a cada vez que se tocam. Experimentando uma paixão mais forte do que qualquer resistência, os dois se rendem a paixão, deixando os "poréns" para depois e focando exclusivamente no desejo e na cicatrização das feridas do passado.


"Você merece mais do que eu. Você merece um homem que irá te venerar, se curvar aos seus pés. Você merece um homem que não fode outras pessoas para viver".

Não espere desejo bruto, Changing His Game é cheio de humor, a amizade entre Autumn e Jared nos arriscando risos e suspiros e gritos de revolta também. Quando as cenas quentes chegam, Justine mostra do que está falando e envolve o leitor em paixão real, doação, veneração e amor sem deixar de lado tooodo o potencial que Jared tem, né? Ele inicial Autumn gradativamente nas variedades do sexo e a cada cena é mais lindo. O amor dos dois mudou a coisa lasciva do sexo para o fazer amor e é a primeira vez que eu vejo isso em um livro, sem o autor se esquivar, cortar ou não incluir a cena. Salva de palmas para a Justine!

O passado vai ficando cada vez mais no seu lugar, dando espaço para melhores amigos se tornarem amantes e então almas gêmeas. Quando tudo são rosas, porém, a vida se põe no caminho jogando uma perda praticamente intransponível. Com ambas vidas em risco por um descuido, Jared não pode se perdoar em falhar com Autumn, mesmo quando ela já o perdoou. Pode outro erro afastar Jared do seu grande amor logo quando se curava das feridas há tanto tempo abertas?

Esse não foi uma grande segredo. Quando a tensão se revelou, já imaginei o que fosse e acertei, todavia, a maneira como Autumn lida com essa situação é que nos surpreende. Eu surtei, interroguei e me esforcei para aceitar, mas caiu tão artificialmente que esse pode ser o único ponto da leitura que não desceu. Ela jurava ter certeza de algo que não dava para ter, algo capaz de custar a sua vida.
Como todo, Changing His Game abriu o meu ano arrasando e lacrando. Apaixonante, sedutor e puro! Não só indico como já estou stalkeando a Justine e esse já vai com 4 estrelas!

Avaliação: ★★★★

Como eu disse ali em cima, quando conheci Changing His Game, era stand alone (livro único), porém, ouvindo minhas preces sussurradas, Justine Elvira extendeu o livro para uma série, que trará a história dos outros sete irmãos do Jared. The Reynolds Brothers já tem seu segundo livro publicado, Playing His Game trás a história de Scott e Winnie, irmãos de Jared e Autumn. Logo mais, voc~es conferem resenha dele aqui! 

Beijos!
Aline, Uma Leitora


0 comentários:

Postar um comentário

 
♥ Theme por Yara Lima, do Dear Maidy, exclusivo para Romantic lit © 2015 • Todos os direitos reservados • Topo