Resenha de Melhor que Chocolate, Laura Florand
CampNaNoWriMo 2015: outra competição, dessa vez de escrita
The Wattys: a competição anual do Wattpad




21 de junho de 2014

Opinião de Uma Leitora: A Aposta, Rachel Van Dyken


A Aposta (A Aposta #1)
Autor: Rachel Van Dyken
Gênero: New adult
Editora: Suma de Letras
Páginas: 285
Sinopse: Kacey deveria ter fugido assim que ouviu essas palavras do milionário Jake Titus. O amigo de infância que Kacey não via há anos é hoje um dos homens mais poderosos e cobiçados de Seattle. E ele precisa de um favor dela: que ela finja ser sua noiva em uma viagem para visitar a avó Nadine, que está muito doente. Kacey aceita sem hesitar, afinal, o que poderia acontecer em apenas quatro dias? Mas o que ela não esperava era reencontrar Travis, o irmão mais velho de Jake, Quando mais novo, ele adorava perturbar Kacey: já incendiou uma boneca, colocou uma cobra em seu saco de dormir. Por isso, recebeu dela o apelido de “Satã”. Mas depois de tantos anos, Kacey se vê diante de um homem lindo, por quem se apaixona no momento em que vê o seu sorriso. O que ela não sabe, no entanto, é que os dois irmãos haviam feito uma aposta quando eram meninos: quem se casasse com Kacey receberia um milhão de dólares. Em “A Aposta”, da autora best-seller do New York Times Rachel Van Dyken, Kacey terá que descobrir qual dos irmãos é o cara certo e fazer sua escolha. Essa é a única certeza que lhe resta.

 Lutando para seguir em frente com sua vida, após uma tragédia em sua família, Kacey só quer correr para as colinas quando seu melhor amigo e amor de infância, Jake Titus, do qual se afastou após acontecimentos traumáticos, lhe pede para fingir ser sua noiva e o salvar de um escândalo público com strippers, além de ajudar na recuperação de sua avó, Nadine, que infartou quando soube do deslize do neto. Comovida e sempre disposta a fazer de tudo para manter sua avó de coração a salvo, Kacey aceita a proposta, tendo suas contas atrasadas da faculdade pagas como como recompensa e sem saber de uma antiga aposta entre os irmãos Titus, que o tempo e o afastamento não anulou. O que não esperava é que encontraria a peste de sua infância por lá. Travis Titus, o jovem gago e atormentador cresceu, se transformando em um homem bem mais honesto e menos narcisista do que o irmão. Esperando que as zoações sem fim voltassem, Kacey sente seu peito ser atingido quando é Travis quem está sempre ali para consolá-la, se divertir com ela e quando descobre que por traz de todas as aventuras de sua infância, era ele quem agia. Dá até pra se apaixonar em três dias por um cara desses, né? Todavia sua paixão antiga por Jake ainda queima em seu coração. E agora? Qual dos irmãos Titus será o merecedor de seu amor?

1. O que achou do livro?

Gostei demais! A Aposta é um livro repleto de situações comuns, o famoso clichê, mas que no seu desenrolar se torna tão interessante e divertido, que essa primeira opinião desaparece. No início do livro, com o drama entre Kacey e sua família e com Jake também, parece que o enredo não é tão badalo, mas assim que ela e seu melhor e seu pior inimigo de infância chegam na propriedade dos Titus, o enredo se revela tão engraçado, leve e apaixonante, que é difícil de largar esse livro. As memórias de infância que a aproximam de seu sempre presente salvador, Jake e que a afastam do Satã, como ela mesma o chama, Travis, acabam por reverter os papéis e revelar atos pequenos, mas que a fizeram muito feliz, sendo executados por quem ela menos esperava. Enquanto Jake é o famoso empresário galinha e a deixa de lado, Travis aproveita a deixa e apresenta um lado seu que Kacey não imaginava que existia.
Agora imaginem todo esse clima de tensão, Kacey vendo seu coração correr indeciso de um irmão a outro e BOOM, aparece a personagem mais caricata e deliciosamente querida do livro, mandando tudo para os ares e ajudando o neto certo a conseguir o que queria. A vovó Nadine foi a cereja do bolo desse livro. Com seu passado secreto e super empolgante e com uma alma que muitos jovens invejariam, ela bota pra quebrar, incentivando e quebrando seus netos quando preciso, mas tendo sempre em mente a felicidade de Kacey. Eu acho que amei mais o livro pela intromissão sem vergonha da vovó Nadine e seu acompanhante Sr. Casbon, do que pelos outros casais que se formam.
O final do livro foi muito bacana e muito bonito. As peças que faltavam se encaixar na vida de Kacey tomam seus devidos lugares e finalmente, ela se compromete com o Titus que ama. HÁ! Para saber qual, você vai ter que ler essa joia de livro! Eu não assisto muitas séries de comédia, mas poderia descrever que me senti em um episódio de Friends, com uma tonelada de romance açucarado e uma senhora de idade que todo mundo iria querer em casa. Faz um tempo que não me divirto tanto com um livro mais carregado de felicidade do que de drama. A Aposta é uma comédia romântica que todo mundo precisa para abrilhantar o dia.
A capa original foi uma surpresa incrível! É muito linda e fiquei apaixonada pela lombada amarela (não faz sentido, eu sei, mas eu gosto de amarelo). Páginas amareladas, fonte em tamanho confortável e diagramação perfeitinha!

2. Ponto alto

As memórias de infância. Esse livro não seria muita coisa se não fossem as lembranças, as aventuras e desventuras dos três na infância. Muitas situações divertidíssimas, que influenciam na escolha de Kacey no futuro e que com certeza, eles continuam a repetir, mesmo adultos. Os três agem como crianças quando estão juntos, as provocações, as brincadeiras, as fobias e tudo isso enche as páginas de animação e faz o leitor ter uma conexão bem mais profunda com os personagens.

Meninas.
Ele nunca as entenderia.
Afinal, ele estava tentando ajudá-la o tempo todo.
E o tempo todo ela o afastava mais.
Isso só significava uma coisa. Para ganhar a aposta, ele teria que se esforçar mais. E sabia exatamente o que fazer.
- Ei, Jake? Sabe onde tem pedras?


3. Ponto baixo

Acho que a autora criou uma expectativa muito grande para o "grande momento" entre Kacey e o irmão Titus escolhido. Muitas aproximações, muitos momentos flamejantes, vamos dizer que as preliminares para o leitor foram muito boas, porém, quando o momento verdadeiro chegou, foi bastante rápido e vago. Cada autor tem seu jeito de criar uma cena de sexo, disso eu sei, e muitos autores conseguiram lacrar nessas cenas sem precisar baixar a Sylvia Day neles, porém, a Rachel passou em disparada no momento, limitando ele a poucas linhas e fiquei um pouco frustrada.

4. Qual o seu personagem favorito?

Um casal querido no meu coração. Aí você já acha que é o casal principal, né? Mas não é! Meu troféu de hoje é na verdade, para a vovó Nadine, que foi o chilli desse livro que chegou arrasando mais do que os netos! Como quando se fala dela, o Sr. Casbon vem sempre babando atrás, o prêmio de casal mais carismático, hot e apaixonado do livro vai, sem dúvida para esse dois. Gente, a vovó Nadine é louca de pedra. Muitas da cenas que vão te fazer passar vergonha no transporte público de tanto rir, serão protagonizadas por esses dois, ou terão eles envolvidos. A autora lacrou com esses idosos tão incríveis!

- Você vai se machucar, você sabe disso, né?
Kacey suspirou.
- Vou me machucar de qualquer maneira, Travis. Só depende de a qual irmão vou dar essa oportunidade, não acha?


5. Qual o elogio e/ou crítica que daria a autora?
Até agora eu li poucos romances NA que fossem tão carismáticos. A Aposta tem sim seu drama, suas tragédias, mas a autora resolveu não deixar seus personagens caírem na pena por si mesmos e os fez levantar e correr atrás. Analisei que se eu pegasse todo esse livro e tirasse as partes de drama e tragédia, ele continuaria a ser um romance de mão cheia e isso só mostra o quanto a autora é boa e sabe o que está fazendo. Precisamos de mais romances alegres, vivazes, com anjos da guarda como a vovó Nadine (ai gente, tô obcecada por essa vó!), onde a descoberta do melhor do amor é prioridade.

6. Nota: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

7. Deixe um recado para os futuros leitores desse livro.

Eu apostei em um romance básico e perdi. A Aposta é como o amor deve ser retratado, uma descoberta tortuosa, mas onde a felicidade e a paixão são a prioridade e as dificuldades são só o chilli que tornará o tão esperado encontro tão bom. Quer apostar que você vai gargalhar, suspirar e se comover com esse livro?

- Onde você esteve a minha vida toda? - perguntou ela, com os olhos cheios d'água.
- Em casa. - respondeu, com um toque de seriedade na voz. - Estive em casa, esperando por você.

Beijos!
Aline, Uma Leitora

0 comentários:

Postar um comentário

 
♥ Theme por Yara Lima, do Dear Maidy, exclusivo para Romantic lit © 2015 • Todos os direitos reservados • Topo