Resenha de Melhor que Chocolate, Laura Florand
CampNaNoWriMo 2015: outra competição, dessa vez de escrita
The Wattys: a competição anual do Wattpad




28 de março de 2013

Séries: In The Flesh



Oi gente! Voltei com a tag Séries e trouxe vamos dizer que “A Pedra Preciosa” das novas séries. Com ótimas avaliações e um enredo que não envolve somente a questão sobrenatural, mas também questões polêmicas do mundo “real”, In The Flesh, a nova série da BBC3 Inglaterra ganhou meu coração desde o primeiro minuto! Vamos conhecer?

A BBC3 traz na série In The Flesh, um mundo pós-apocalíptico onde todas as pessoas mortas em 2009 (ainda não sabemos o motivo) levantam de suas covas como zumbis e saem em busca de alimentos, no caso, os humanos sobreviventes. Até que o governo cria a Notriptilina, um medicamento capaz de reverter o estado “selvagem” dos zumbis e fazer com que seu cérebro volte a funcionar normalmente. Com a ajuda de maquiagem e lentes de contato para disfarçar a aparência morta, eles são devolvidos a seus familiares e voltariam a viver normalmente, se não fosse pelo preconceito que sofrem tanto de desconhecidos, quanto de sua própria família.

Kieren Walker é um dos portadores da Síndrome de Falecimento Parcial, nome dado ao estado “zumbi”, após o início do tratamento. Devolvido a sua família após um longo tempo de tratamento, o rapaz ainda não se encaixa em seu “eu” anterior, não só por sua condição, mas porque a causa de sua morte, em 2009 era imutável. Sofrendo preconceito por sua própria irmã, tendo que fingir ser normal para sua família e fugindo das perseguições da FVH (Força Voluntária de Humanos), grupo que caça seres afetados pela síndrome, selvagens ou tratados, Kieren permanece à deriva.



Em uma fuga rápida de casa, Kieren reencontra Amy Dyer, sua antiga companheira de caça e com a personalidade destemida e divertida de Amy, Kier toma coragem para enfrentar novos problemas, quando o “causador” de sua morte está de volta a cidade e também como um portador da síndrome.



Nunca tive vontade de assistir série com o tema zumbi, não era algo que me interessava. Lembro que o que me chamou atenção no trailer de In The Flesh foi o visual magnífico que normalmente série britânicas tem. Porém, quando comecei a assistir, notei ser muito mais do que comedores de cérebro e humanos lutando por sua sobrevivência. A série envolve também tabus da vida real, como a homossexualidade, o racismo, o suicídio e pessoas que veem apenas o que querem ver. Kieren é um personagem muito sensível, alguns acontecimentos tristes tornaram ele um jovem à deriva, perdido em sua própria vida pós morte. E nessa vida, tão nova, que ele terá oportunidade de corrigir erros e tomar atitudes que poderiam ter evitado tanto sua própria morte como a de seu melhor amigo, Rick Macey.



Foram apenas 2 episódios e o meu coração e as minhas glândulas lacrimais já são de In The Flesh. É muito drama, é reviravolta, é esperança, dor no coração e lágrimas. E é puro amor quando pelo menos um sorrisinho aparece nos lábios de Kier! Pessoal, comentem aqui vá já baixar os primeiros episódios e depois venham dividir o puro amor por esta maravilha que a BBC3 nos presenteou.


Beijos!
Aline, Uma_Leitora


1 comentários:

  1. Pelo que li a série tem bastante potencial, espero esta assistindo a em breve.

    Abraço ^^

    http://oleitorsordido.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
♥ Theme por Yara Lima, do Dear Maidy, exclusivo para Romantic lit © 2015 • Todos os direitos reservados • Topo