Resenha de Melhor que Chocolate, Laura Florand
CampNaNoWriMo 2015: outra competição, dessa vez de escrita
The Wattys: a competição anual do Wattpad




8 de março de 2013

Feliz Dia da Mulher!


Olá moças! Vamos comemorar nosso dia?

Fiz um textinho básico para comentar esta data. Quer ler? Então vem!


Nós sabemos que não foi fácil conseguirmos um dia para nos representar, para que possamos festejar ser do sexo feminino. Ao irem atrás de seus direitos muitas mulheres morreram e/ou foram descriminadas por serem do "sexo frágil". Perceba como desde o início dos tempos esta definição é errônea:

Quando dizem que mulher foi feita para cuidar de casa, de seus filhos e marido, porque foi lhe dado o dom de gerar e cuidar, não perceberam que o termo "cuidar", refere-se também a mulher cuidando de sua própria vida, de seus interesses, cuidando de si para alcançar seus objetivos e não que esta facilidade que temos em organizar, tomar conta gira em torno do mundo masculino ou de filhos.

Com o assassinato de 130 mulheres em uma fábrica em Nova Iorque, em 8 de março de 1857, o  intuito era calar as "rebeldes" e que aquele ato de pura violência servisse como exemplo as outras que lutavam por igualdade e melhores condições de trabalho. O que conseguiram? Apenas instigar ainda mais as mulheres a seguirem seus ideais e continuarem em sua busca por reconhecimento e igualdade com o sexo masculino. A partir desta data, milhares de grupos de apoio pela igualdade feminina surgiram e finalmente, providências foram tomadas. 

Não somos frágeis. Nem mesmo a mais delicada mulher possui fragilidade quando se trata de alcançar seus objetivos, de acordar todos os dias e enfrentar um mundo ainda coberto de preconceitos, de buscar sua liberdade financeira, pessoal, sexual. Casar? Sim... ou não. Ter filhos? Talvez... ou não também. Nosso caráter não é definido por uma aliança no dedo ou um berço no quarto e tenho certeza que existem mulheres incríveis além de nós por aí, provando que frágil é só a mente de quem pensa que somos inferiores.

Desejo que todas vocês alcancem seus objetivos, sejam eles qual forem e não se deixem abater por olhares tortos ou comentários de mal gosto. Vocês já venceram uma batalha, uma das mais difíceis que foi o reconhecimento pela maioria! Então vista seu jeans, saia, vestido, arrume seus cabelos curtos, compridos, passe aquele batom, ou não passe e ganhe um mundo que por direito também é seu!


Feliz Dia Internacional da Mulher, minha amiga leitora e lembre-se nosso dia não é só hoje, todo dia é nosso, é pra todos!


Beijos!
~ Aline, Uma_Leitora

PS: Não sou boa com palavras, mas acho que não ficou tão ruim!

PS²: Daqui á pouco terá vários posts sobre grandes mulheres da literatura, atuação, música, etc... Fiquem ligados!


1 comentários:

  1. Olá Aline, tudo bom?
    Lembra de mim do Endless Poem?
    Adorei o post comemorativo, feliz dia da mulher para você também!
    É muito importante lembrar que todos os direitos que temos hoje, foram batalhados por mulheres guerreiras que não aceitavam a discriminação.
    Que fiquem de exemplo para nossa sociedade conformista né?

    Mudei tudo lá no blog, e gostaria muito da sua presença por lá, para conferir e contar o que achou!
    Também tem post novo!

    http://endless-poem.blogspot.com.br/

    Tô te esperando lá
    Beijos

    ResponderExcluir

 
♥ Theme por Yara Lima, do Dear Maidy, exclusivo para Romantic lit © 2015 • Todos os direitos reservados • Topo